Attack on Titan Wiki

FandomDesktop

Com a chegada do FandomDesktop ontem, muitos de vocês que optaram por começar agora a usar ela, podem perceber que a wiki tá meio estranha, e realmente está, estou trabalhando para resolver isso, por isso, peço paciência. Obrigado.

Leia mais sobre a FandomDesktop aqui.

E a wiki terá uma drástica mudança de aparência, por isso não estou tão ativo como eu era antes, obrigado novamente pelo seu tempo!

LEIA MAIS

Attack on Titan Wiki
Advertisement
Attack on Titan Wiki
  • Manga
  • Anime
  • Lost Girls manga
Artigo
Galeria
Mirror Man (Anime) character image O nome deste artigo é anônimo.
O nome usado é um pseudônimo, apelido ou sobrenome encontrado em uma fonte oficial, mas o nome real no universo desta pessoa é desconhecido nesta continuidade.

Os Bandidos ( Zoku?)[1] foram um trio de homens que mataram o pai e a mãe de Mikasa antes de sequestrar sua filha Mikasa Ackerman no ano de 844.

Aparência[]

As aparências de cada bandido variam. O líder era um homem robusto de barba curta e boné de lã. O bandido empunhando o machado parecia ser mais velho, e era mais alto e mais magro, com cabelo loiro curto e um bigode fino. O bandido que chegou tarde ao local parecia ser o mais jovem, bem vestido e barbeado, com cabelos castanhos curtos.

História[]

Mikasa's mother fights off a bandit

Um bandido lutou para matar sua vítima

No ano de 844, quando Mikasa Ackerman tinha nove anos e morava com os pais,[1] os bandidos chegaram à residência da família Ackerman. Ouvindo uma batida na porta, o pai de Mikasa abriu pensando que os visitantes eram o Dr. Jaeger e seu filho Eren. Quando ele fez isso, o líder entre eles o esfaqueou, entrando calmamente na casa com seus homens. A mãe de Mikasa tentou lutar contra seus possíveis sequestradores, mas um deles empunhando um machado a atingiu no ombro, matando-a. Ele então se aproximou de Mikasa, deu um soco no rosto dela e a deixou inconsciente.[1]

The bandits argue

Um bandido explicou porque ele teve que matar a mãe

Em algum outro local, o líder e o homem do machado estavam passando o tempo em uma cabana enquanto Mikasa lentamente recuperava a consciência. O homem do machado olhou para Mikasa, perguntando em voz alta por que eles se deram tanto trabalho para sequestrá-la. O líder sentado nas proximidades explicou que Mikasa é de ascendência oriental e é a última de sua raça dentro das Muralhas. Ele explicou que, por causa de sua raça e da raridade de seu povo nas Muralhas, eles conseguiriam um alto preço se os vendessem a compradores no mercado clandestino da capital. O homem do machado observou que seu pai não parecia oriental, portanto, a menina não pode ser de sangue puro. O líder respondeu com raiva que o valor real teria sido vender sua mãe, a oriental de sangue puro.[1]

Antes que a discussão possa continuar, Eren, que havia com seu pai descoberto os corpos da família Ackerman, chegou à cabana fingindo estar perdido. O homem do machado tentou consolá-lo para se livrar dele, mas ele é apunhalado por Eren enquanto ele está desprevenido. Antes que o líder pudesse reagir, Eren pegou outra faca amarrada a um cabo de vassoura e empalou o líder pelo ombro. Eren pulou na barriga do líder, esfaqueando-o no peito várias vezes até que ele morresse.[1]

Eren charges a bandit

Eren atacou um bandido com uma faca presa a uma vassoura

Enquanto Eren desamarrava Mikasa, o terceiro bandido chegou atrasado à cabana, chocado ao ver seus cúmplices mortos. Chutando Eren pela sala, ele começou a estrangulá-lo em um acesso de raiva. Através do aperto sufocante do homem, Eren disse a Mikasa para lutar. Ela pegou a faca de Eren, sem saber o que fazer até que uma onda de poder passe por ela, dando a ela o foco e a força para apunhalar o homem pelas costas, perfurando seu coração. Os corpos dos três bandidos foram posteriormente descobertos por Policiais Militares que o pai de Eren havia alertado.[1]

Legado[]

Arco da Batalha por Trost  []

Seis anos depois, quando Eren em sua forma de Titã está prestes a selar a brecha no Distrito de Trost, ele se lembra da vez em que matou o líder dos bandidos. Ele pensa consigo mesmo que as pessoas que rejeitam a liberdade dos outros, não importa o quão fortes sejam, não importam.[2]

Realidade alternativa[]

Lost in the cruel world[]

Wild dogs kill the bandits

Os cães selvagens matam os bandidos

No ano de 844, os bandidos estavam acampados na mata e em algum momento acabaram sendo atacados e mortos por um grupo de cães selvagens. Seus corpos destruídos são encontrados mais tarde por duas crianças enquanto exploram a floresta.[3]


Assassinatos[]

Tentativas[]

Referências[]

Navegação[]

Advertisement