Attack on Titan Wiki

FandomDesktop

Com a chegada do FandomDesktop ontem, muitos de vocês que optaram por começar agora a usar ela, podem perceber que a wiki tá meio estranha, e realmente está, estou trabalhando para resolver isso, por isso, peço paciência. Obrigado.

Leia mais sobre a FandomDesktop aqui.

E a wiki terá uma drástica mudança de aparência, por isso não estou tão ativo como eu era antes, obrigado novamente pelo seu tempo!

LEIA MAIS

Attack on Titan Wiki
Advertisement
Attack on Titan Wiki
  • Manga
  • Anime
  • Lost Girls manga
  • Junior High/High School manga
  • Spoof on Titan manga
  • Junior High anime
  • Este é um artigo bom!Artigo Bom
Quote1 Eren! O que você está pensando?! Você tem ideia de quantas pessoas morreram fora das Muralhas?! Quote2
— Carla ao seu filho, Eren[1]

Carla Jaeger (カルラ・イェーガー Karura Yēgā?) era a mãe de Eren Jaeger, a mãe adotiva de Mikasa Ackerman, e a segunda esposa do médico Grisha Jaeger.

Aparência[]

Carla era uma mulher atraente, de pele clara, estatura mediana e constituição esguia, mas curvilínea. Ela tinha olhos grandes e brilhantes cor de avelã, longos cabelos pretos presos frouxamente, pendurados no ombro direito com franjas de cada lado e apenas alguns fios de cabelo curtos soltos na testa. Quando foi vista dentro de sua casa, ela usava um suéter cor de creme com mangas babadas e uma longa saia vermelha com um avental branco e pequenas botas bege.

Durante sua juventude, Carla podia ser vista usando um vestido de mangas curtas com um espartilho laranja amarrado na frente por cima.

Personalidade[]

Carla tinha uma natureza gentil, obstinada e preocupada, repreendendo sua família e amigos por decisões perigosas. Quando Eren quis se juntar à Divisão de Reconhecimento, Carla o proibiu alegando que era muito perigoso, mostrando seu cuidado maternal. Ela parecia genuinamente se importar com a segurança de Eren, e era conhecida por ser protetora de sua família, o suficiente para colocá-los antes de si mesma quando Eren e Mikasa estavam em perigo potencial por tentar resgatá-la. No entanto, uma vez que seus filhos deixaram de ouvir, ela sussurrou que não queria que eles a deixassem sozinha para morrer e continuou a chorar até sua morte.[1]

Carla se contentava com os aspectos simples da vida e não acreditava que fosse necessário ser reconhecida pelos outros, visto que existir é especial por si só.

História[]

Carla interrupts Keith and Grisha

Carla castigou Keith

Durante sua juventude, Carla trabalhou como garçonete em um bar frequentado por Keith Sadies. Um dia, Keith trouxe Grisha Jaeger, que havia sido recentemente encontrado perdido fora das Muralhas. Carla repreendeu Keith, pensando que ele queria convencer Grisha a se juntar à Divisão de Reconhecimento, mas os dois negaram.[2]

Algum tempo depois, Carla adoeceu com uma doença que assolava a maior parte de Shiganshina e foi levada com urgência para Grisha por Keith, que se tornara o principal médico responsável pela cura da praga. Carla estava mais preocupada com seus pais, mas Grisha garantiu que todos ficariam bem. Grisha mais tarde conseguiu salvar Carla e sua família, e Carla o abraçou enquanto chorava de alegria.[2]

Grisha and Carla get married

Carla e Grisha se casaram

Eles logo se apaixonaram e depois se casaram. Algum tempo depois, eles tiveram um filho chamado Eren. Quando Keith voltou de uma missão malsucedida como comandante, ele se aproximou de Carla com um jovem Eren enquanto ela expressava sua preocupação e de Grisha por ele. Por despeito, ele a acusou de ser comum e sem imaginação. Carla ouviu Keith e disse simplesmente que algumas pessoas não precisam ser especiais ou maiores do que as outras. Carla afirmou então que existir por conta própria era muito especial.[2]

Enredo[]

Arco da Queda de Shiganshina[]

Carla pleads for her children to survive

Carla implora para que Eren e Mikasa sobrevivam

Quando Mikasa e Eren voltam da coleta de lenha, Mikasa conta a Carla sobre o desejo de Eren de se juntar ao exército. Carla fica chateada, dando um sermão sobre os perigos da Divisão de Reconhecimento. Ela tenta fazer com que Grisha se junte a ela na condenação dos planos de Eren, mas Grisha anuncia abruptamente que ele deve partir a negócios. Depois que Grisha sai, Carla tenta dissuadir Eren novamente, levando a uma discussão entre os dois que termina com Eren fugindo. Isso o leva a gritar com ela e sair correndo, ignorando seus protestos. Carla pede a Mikasa para cuidar de Eren.[1]

Carla Jaeger's death

A morte de Carla

Durante a invasão na Muralha Maria, o Titã Colossal rompe a Muralha do Distrito de Shiganshina chutando seu portão externo, e alguns dos destroços caem na casa dos Jaegers, destruindo-a e prendendo Carla dentro. Eren e Mikasa tentam libertá-la, mas não são fortes o suficiente para levantar as vigas que a prendem. Carla tenta ordenar aos dois filhos que a deixem para trás, mas eles se recusam a ouvir. Enquanto um Titã os pressiona, Hannes chega e Carla pede que ele leve as crianças. Ele pensa em lutar contra o Titã antes de pensar melhor e fugir com as crianças. Resistindo ao impulso de chamar Hannes de volta para salvá-la, Carla se despede de seus filhos quando o Titã chega e a devora.[1]

Legado[]

Arco do Confronto de Titãs[]

Enquanto Eren se recupera após a batalha no Distrito de Stohess, ele se lembra quando sua mãe disse a ele que ele é um homem que precisava mostrar alguma contenção e não entrar em brigas, com Mikasa sempre vindo em seu resgate. Ela o lembrou de que ele também precisa estar ao lado de Mikasa.[3] Ela mais tarde seria vingada por Eren, quando ele usou a habilidade da Coordenada para fazer os Titãs atacarem e devorarem o Titã que a matou.[4]

Arco do Governo Real[]

Quando Eren, Hange Zoë e o Esquadrão Levi vão questionar o instrutor Keith Sadies sobre seu conhecimento sobre Grisha Jaeger, Keith coloca em palavras seu encontro com Grisha e a perda de Carla para ele e as experiências que levaram e seguiram esses eventos.[2]

Relacionamentos[]

  • Grisha Jaeger - Grisha era o marido de Carla. Keith os apresentou, o que preocupou Carla ao pensar que seu amigo havia tentado recrutar Grisha para a Divisão de Reconhecimento. Ele era um médico renomado, conhecido principalmente por curar sozinho uma epidemia que havia afetado a cidade. Ela se apaixonou por Grisha depois que ele foi capaz de curar ela e seus pais de uma doença fatal, e logo se casou com Grisha. Quando Carla soube que Eren queria se juntar à Divisão de Reconhecimento, ela implorou a Grisha para mudar de ideia, mas Grisha disse que não fazia sentido parar uma mente curiosa como a de Eren. Nas memórias de Eren de Grisha injetando nele o soro de Titã, Eren diz a ele confuso que a morte de Carla o deixou louco.
  • Eren Jaeger - Eren era o único filho de Carla. Ela sentia um amor profundo por ele, visto quando ela disse a ele para não se juntar à Divisão de Reconhecimento porque era muito perigoso.[1] Sabendo que seu filho é muito imprudente para sua própria segurança, ela frequentemente cuidava dele com a ajuda de Mikasa. Além disso, quando ela ficou presa sob os escombros de sua casa, ela ordenou que Eren e Mikasa fugissem e a deixassem para trás para que pudessem escapar dos Titãs. Ela também disse a Hannes para pegá-los e correr, sentindo-se aliviada e agradeceu quando ele aceitou.[1] Ela seria vingada por Eren, anos depois, quando ele matou indiretamente o Titã que matou Carla.
  • Mikasa Ackerman - Carla confiava em Mikasa para ficar de olho em Eren, confiando nela o suficiente para tirá-lo de problemas. Quando Mikasa foi aceita pela primeira vez em sua casa, Carla mostrou que se sentia confortável com a companhia de Mikasa. Os dois muitas vezes faziam tarefas juntos em casa, como lavar pratos, e eles se uniam nisso. Carla confiava em Mikasa para ficar de olho em Eren, confiando nela o suficiente para tirá-lo de problemas. Quando Mikasa lutou para salvá-la, e quando ela foi levada, Carla dolorosamente gritou por ela em seus momentos finais, preocupada com sua segurança.[1] Ela se importava muito e se preocupava com Mikasa, apesar de sua independência e força. A morte de Carla teve um impacto profundo em Mikasa, que jurou cumprir a promessa que fez a ela de proteger Eren.
  • Keith Sadies - Carla conhecia Keith de suas visitas regulares ao bar em que trabalhava, tornando-se amigos com o tempo. No entanto, ela costumava ficar irritada quando Keith tentava convencer os clientes a se juntar à Divisão de Reconhecimento. Embora haja indícios de que Keith nutria fortes sentimentos por ela, ela parecia estar sempre inconsciente de seus pensamentos. Mesmo assim, Carla o respeitava e estava preocupada com os perigos que ele enfrentava na Divisão de Reconhecimento. Depois de uma das expedições em que ela não teve notícias dele, ela esperou Keith para repreendê-lo por arriscar sua vida. Apesar do fato de Keith ter respondido rudemente, ela não pareceu ofendida, mas apenas momentaneamente surpresa, e continuou a falar com ele gentilmente. Após a morte dela, Keith lamentou sua reação e tentou evitar que seu filho Eren se juntasse ao exército para salvar sua vida, embora ele tenha mudado de ideia desde Eren.
  • Hannes - Carla e Hannes se conheceram por algum tempo antes da destruição de Shiganshina. Quando a Muralha foi violada, Hannes inicialmente tentou lutar contra o Titã Sorridente para salvá-la, mas por covardia fugiu e levou Eren e Mikasa com ele, embora Carla estivesse grata por Hannes ter levado as crianças para um local seguro. A morte de Carla e sua covardia para impedi-la assombraram Hannes pelo resto de sua vida, e ele foi ironicamente morto pelo mesmo Titã 5 anos depois.

Curiosidades[]

  • Carla é a primeira personagem da série que é comida por um Titã.[1]
  • Carla tem uma canção de personagem no álbum Shingeki no Kiseki do Linked Horizon, 14 Moji no Dengon (mensagem de 14 letras).
  • Sua morte nas mãos de Dina Fritz como Titã é irônica, pois ela foi a primeira esposa de Grisha.

Referências[]

Navegação[]

Advertisement