Attack on Titan Wiki

FandomDesktop

Com a chegada do FandomDesktop ontem, muitos de vocês que optaram por começar agora a usar ela, podem perceber que a wiki tá meio estranha, e realmente está, estou trabalhando para resolver isso, por isso, peço paciência. Obrigado.

Leia mais sobre a FandomDesktop aqui.

E a wiki terá uma drástica mudança de aparência, por isso não estou tão ativo como eu era antes, obrigado novamente pelo seu tempo!

LEIA MAIS

Attack on Titan Wiki
Advertisement
Attack on Titan Wiki
  • Manga
  • Anime
  • No Regrets manga
  • Junior High/High School manga
  • Junior High anime
Eren protects Armin and Mikasa-60px Este artigo está incompleto.
Sinta-se à vontade para editar este artigo e adicionar informações ausentes e completá-las.
Artigo
Galeria
Quote1 Eu gostaria de ter certeza de algo, Sr. Jaeger. Como soldado, você pode continuar a servir a humanidade controlando sua habilidade de Titã? Quote2
— Dhalis para Eren Jaeger[1]

Dhalis Zachary (ダリス・ザックレー Darisu Zakkurē?) é o Premier das Três Divisões (三兵団総統 San Heidan Sōtō?, também traduzido como "General das Três Tropas") do Exército Real: A Divisão de Reconhecimento, a Divisão de Guarnição e a Brigada de Polícia Militar.

Aparência[]

Zachary tem a aparência típica de um velho. Seus olhos estão fundos e parecem cansados, ele usa óculos, ele tem rugas perceptíveis no rosto e seu cabelo é ralo e grisalho. Ele também tem uma barba e bigode grisalhos desalinhados. Além disso, ele é bastante baixo, o que lhe dá uma presença incomum para um homem de sua posição. O traje casual de Zachary consiste em uma camisa branca lisa com calças normais de cor escura. Em um cenário mais formal, ele adiciona um laço bolo tie, muito parecido com os três comandantes sob ele, Nile Dawk, Erwin Smith, e Dot Pyxis. Sobre isso, ele usa um sobretudo marrom com um emblema de escudo preto com uma borda branca e uma cruz.

Personalidade[]

Quando foi apresentado pela primeira vez, Zachary era considerado um líder militar estrito que se preocupava apenas com os melhores interesses da humanidade. Como chefe de todas as Forças Armadas, suas prioridades foram consideradas o que é melhor para toda a humanidade. Só depois de ser logicamente convencido da utilidade de Eren, ele o perdoou. Nesse momento, ele parecia levar a maioria das coisas levianamente, como se as tivesse experimentado anteriormente. Durante o julgamento de Eren, ele vestiu roupas simples e conduziu o julgamento sem nenhum drama ou paixão. Da mesma forma, ele derrubou a monarquia com um comportamento incrivelmente casual. Isso indica que Zachary não tem tempo para dramas e está exclusivamente focado em realizar seus julgamentos. Ele permanece sempre sério, mas ao mesmo tempo parece cansado, como se a idade o estivesse alcançando.

No entanto, depois que Zachary ajudou na revolução contra a monarquia, ele mostra uma personalidade completamente diferente. Ele observou a Erwin que seu único interesse em participar era devido a um ódio intenso e antigo contra os responsáveis. Ele ficou muito contente ao ver o medo deles quando caíram do poder. Em contraste direto com a ideia de que ele age no melhor interesse da humanidade, ele disse a Erwin que não se importava se a revolução ajudasse a humanidade ou não.[3] No final das contas, ele estava disposto a admitir que ele valorizou sua própria vida mais do que a humanidade.

Zachary mostra um lado psicopático e demente de sua personalidade quando montou uma máquina de tortura e submeteu um oficial a uma tortura desumana, rindo enquanto o forçava a beber sua própria urina e chamava aquela máquina de tortura de a melhor obra de arte. No final, seu único interesse era seu próprio desejo de humilhar a monarquia.[4]

História[]

Arco de Marley[]

No ano 851, Zachary comparece a outra reunião militar para discutir a proposta de Zeke Jaeger e os termos de uma aliança. Muitos oficiais reclamam do ridículo de fazer um acordo com o homem que quase aniquilou o Reconhecimento. Zachary admite, no entanto, que a proposta é consistente com seu objetivo anterior de retomar o Titã Fundador e apenas representa uma mudança de tática após sua derrota na batalha.[5]

Arco da Guerra por Paradis[]

Zachary dá as boas-vindas a Kiyomi Azumabito, que chegou a Paradis. Enquanto ela parabeniza Eldia por sua recente vitória sobre Marley, ele dá crédito aos laços entre seus dois países e a agradece por ter vindo em um lugar tão perigoso, se desculpando por não poder dar a ela uma verdadeira festa de boas-vindas. Kiyomi então conta a ele sobre o que Hizuru deu para a ilha, um barco voador que usa Gelo explosivo como combustível.[6]

Zachary retorna ao quartel militar, onde se encontra com Mikasa Ackerman e Armin Arlert. Pedindo desculpas pelo atraso, Zachary diz aos dois que eles não poderão visitar Eren. Ele explica que devido às recentes revelações de que Eren estava se encontrando secretamente com Yelena, e sua recusa em responder às perguntas dos militares, foi considerado provável que ele esteja sendo controlado por Zeke, e é muito perigoso para qualquer um interagir com ele. Armin tenta convencer Zachary a mudar de ideia, mas Zachary deixa claro que eles não verão Eren tão cedo. Zachary vê que Armin e Mikasa notaram sua cadeira feita sob medida no canto de seu escritório e acena, explicando que não havia outro lugar para colocá-la. Zachary mantém sua decisão e encerra a reunião, mandando embora Armin e Mikasa quando três membros da Brigada de Polícia Militar chegam para vê-lo. Durante a reunião, uma bomba explodiu em sua cadeira, matando-o e destruindo seu escritório. Seu cadáver desmembrado cai fora do prédio, à vista dos manifestantes.[7]

Habilidades[]

Como Comandante-Chefe, ele é a autoridade máxima dentro da estrutura militar. As três divisões militares, a Divisão de Reconhecimento, a Divisão de Guarnição e a Brigada de Polícia Militar são oficialmente sob seu comando, apesar de terem seus próprios líderes. Em questões de direito militar, ele é o único tomador de decisões que não pode ser contestado. No contexto de um Tribunal Militar, ele tem o poder de condenar o réu à morte, se assim o desejar.

Referências[]

Navegação[]

Advertisement