Attack on Titan Wiki

FandomDesktop

Com a chegada do FandomDesktop ontem, muitos de vocês que optaram por começar agora a usar ela, podem perceber que a wiki tá meio estranha, e realmente está, estou trabalhando para resolver isso, por isso, peço paciência. Obrigado.

Leia mais sobre a FandomDesktop aqui.

E a wiki terá uma drástica mudança de aparência, por isso não estou tão ativo como eu era antes, obrigado novamente pelo seu tempo!

LEIA MAIS

Attack on Titan Wiki
Advertisement
Attack on Titan Wiki
  • Manga
  • Anime
  • Lost Girls manga
  • Junior High/High School manga
  • Spoof on Titan manga
  • Chibi Theater anime
  • Junior High anime
  • Live-action movies
Eren failing.png Este artigo não segue os padrões de qualidade da Attack on Titan Wiki.
Sinta-se à vontade para editar este artigo e torná-lo conforme às normas e convenções da wiki.
Eren protects Armin and Mikasa-60px.png Este artigo está incompleto.
Sinta-se à vontade para editar este artigo e adicionar informações ausentes e completá-las.
Armin and Eren reading.png Este artigo ou seção não cita ou não contém referências ou fontes.
Por favor ajude melhorando este artigo introduzindo citações apropriadas.
Quote1.png Se alguém tentar tirar minha liberdade...Não hesitarei em tirar a deles. Nosso pai não me fez assim. Eu sou assim desde que nasci. Quote2.png
— Eren fala para Zeke Yeager


Eren Yeager (エ レ ン ・ イ ェ ー ガ ー Eren Yēgā?) foi um ex-membro da Divisão de Reconhecimento e o principal protagonista de Attack on Titan. Ele morou no Distrito de Shiganshina com seus pais e sua irmã adotiva Mikasa Ackerman até a queda da Muralha Maria. Durante o incidente, Eren testemunhou impotentemente sua mãe sendo comida por um Titã. Este evento levaria ao ódio intenso de Eren pelos Titãs, quando ele jurou varrer todos eles da face da Terra.

Logo depois seu pai, Grisha Yeager, o encontrou e deu-lhe a chave de seu porão, instruindo Eren a encontrá-la a todo custo e retomar a Muralha Maria. Ele então injetou em Eren a Injeção de Titã.

No ano de 847, Eren, Mikasa e seu melhor amigo Armin Arlert juntaram-se ao 104º Esquadrão de Recrutas. Os três se formaram com Eren sendo o 5º melhor, e eles se juntaram a Divisão de Reconhecimento após a batalha do Distrito de Trost.

Depois de encontrar o porão e desbloquear as memórias de seu pai, Eren aprendeu sobre a verdade sobre o que os Titãs são, assim como a história de Eldia e Marley. Eren então prometeu libertar sua casa de seu verdadeiro inimigo o resto da humanidade que vive do outro lado do oceano.

Eren atualmente possui o poder de três Titãs. De seu pai, Eren herdou o de Titã de Ataque e o Titã Fundador. Depois de devorar a irmã mais nova do Willy durante o Ataque a Liberio, ele ganhou o Titã Martelo de Guerra também.

Características

Aparência

Forma humana

Aparência de anime de Eren.

Eren é um jovem de estatura e estatura medianas. Ele tem um rosto razoavelmente longo, mas arredondado, e olhos verde-azulados expressivos e expressivos. Suas sobrancelhas são escassas e muitas vezes franzidas, fazendo-o parecer incomodado ou aborrecido. Seus cabelos são curtos e castanho-escuros, com a franja caindo naturalmente em um estilo de cortina meio cortada. Sua pele também parece um pouco bronzeada.

Ele é visto pela primeira vez vestindo trajes comuns da cidade, que consistia em calças marrons, uma camisa verde com borlas de colarinho no colarinho, um casaco marrom e sapatos marrons simples. Alguns anos antes da queda da Muralha Maria, ele também usava um lenço vermelho, que ele deu a Mikasa no dia em que se conheceram. Quando adolescente, ele é freqüentemente visto no típico uniforme da Divisão de Reconhecimento ao treinar. Seu traje casual consiste em uma longa camisa bege (idêntica à que ele usava em sua primeira aparição) que é usada com uma faixa marrom em volta da cintura, calças marrons e sapatos marrons. Ele sempre mantém a chave que foi dada a ele por seu pai em volta do pescoço em uma corda.

Forma de Titã Puro

A forma de Titã Puro de Eren era muito mais curta que a sua atual forma de Titã. Era muito pequeno, com cabelo curto e áspero e uma boca irregular e sem lábios que expunha seus dentes. A forma de Titã Puro também tinha uma constituição robusta, uma cabeça grande e orelhas alongadas.

Forma de Titã de Ataque

Como um Titã, a aparência de Eren muda bastante drasticamente. Junto com um enorme aumento de altura (para 15 m ), seu cabelo cresce o suficiente para roçar seus ombros, com a língua e as orelhas se tornando alongadas. Suas características faciais também passam por uma transformação. Junto com um nariz proeminente e viciado, seus olhos estão profundamente afundados em suas órbitas, e sua boca assume uma forma incomum, irregular, inadequada para a fala inteligível, embora seja capaz de uivar e rugir ao expressar sua exaustão e raiva. Ele também não tem lábios e carne nas bochechas, expondo todos os seus dentes.

Semelhante a outros Titãs inteligentes, a forma de Titã de Eren é bem proporcionada e fisicamente adequada, ostentando uma aparência bem definida, magra e musculosa, em vez da aparência mais comum, barriguda ou emaciada de Titãs comuns.

Em seu estado de queimação visto quando levantou a pedra em Trost e quando lutou contra a Titã Fêmea, o Titã era preto profundo, tinha marcas ardentes em todo o seu Titã e tinha dentes afiados em vez de dentes retos.

Personalidade

Eren é melhor descrito como teimoso e impulsivo, que são os dois atributos de sua forte determinação para proteger a Humanidade e, eventualmente, deixar as muralhas pois para ele é humilhante ser enjaulado. Ele é considerado uma pessoa que não pode ser dominada ou presa e não recebe ordens de ninguém que ele não confie. Ele é uma pessoa que não se ajoelha pra ninguém e nunca é bom ameaçá-lo. No primeiro capítulo ele estava tão decidido em ingressar para a Divisão de Reconhecimento que ele discute e grita com a sua mãe referindo-se às pessoas no aldeia como "tolas" e comparando-as a "gado complacente".

Eren tem uma série de características que remontam à sua infância. Ele compartilhou do sentimento de fascínio das terras do além-muro com seu amigo Armin após este mostrar-lhe um livro descrevendo as maravilhas do mundo exterior e decidiu ver tudo por si mesmo. Isso o levou a desenvolver uma atitude de desprezo a qualquer um que se contentasse a viver e morrer dentro dos confins da muralha sem nunca pôr os pés para fora. Esse desprezo pode ter sido o motivo pelo qual ele não faz amizades tão facilmente com seus pares. Ele ressentia ambas as paredes que "enjaulavam-lhes" como gado, e os Titãs, que levaram a humanidade a construí-las em primeiro lugar. Como resultado disso, ele admira os soldados da Divisão de Reconhecimento, considerando-os "heróis", e desejando se juntar a eles após ter a idade necessária para o alistamento. Ele facilmente se ofendia quando alguém falava mal da Tropa, e sua determinação de se juntar a eles causou atrito entre ele e sua mãe, bem como a sua irmã adotiva Mikasa.

Eren tem um problema de falta de auto-contenção, que muitas vezes causou-lhe problemas, fazendo com que tanto amigos e familiares se preocupassem com ele. Seu auto-controle limitado combina-se com seu temperamento curto (na melhor das hipóteses) e assassino (na pior delas). Quando suficientemente provocado, sua raiva pode levá-lo a um frenesi, acompanhada de terríveis níveis de violência. Levi chega a dizer que "Eren é um monstro mesmo sem estar na aparência de titã." Como muitas crianças, ele tendia a ver o mundo de forma maniqueísta (o que é mau, é mau; o que é bom, é bom), com grande compaixão pela humanidade e seu sofrimento, mas considerando os indivíduos que negam a liberdade aos outros como uma escória inútil e que devem perecer, assim continuando a ser em sua adolescência. Ele também tinha o hábito de pensar com o coração e não com a cabeça, até mesmo em situações em que sua própria vida estava em perigo.

Eren promete matar todos os titãs

Suas qualidades tornaram-se mais muito acentuada desde a morte de sua mãe. Ele agora concentra sua fúria destrutiva nos Titãs e sua erradicação, possuindo um ódio violento para com eles. Alimentado por seu desejo de vingança, ele jura eliminar pessoalmente cada um deles sobre a face da terra e restaurar a humanidade ao seu devido estado. Embora ele sinta muito remorso por brigar com sua mãe até o fim, ele ainda continua a ir contra a sua vontade, buscando entrar para a Divisão de Reconhecimento. Tão forte é o desejo de exterminar os Titãs que ele caiu em desespero quando parecia não conseguir nem dominar as noções básicas do DMT durante o treinamento, quando seu fracasso era, na verdade, devido a um defeito em seu equipamento. Ele não tem medo de expressar suas intenções de deixar as paredes para eliminar os Titãs e é tão concentrado no seu ódio que ele parece não temê-los, o que lhe valeu o apelido de "Imbecil Suicida" dos outros estagiários.

Ele possui uma grande perseverança, coragem e uma determinação vigorosa. Também é uma pessoa boa em influenciar pessoas fazendo com que as elas acreditem nele, além de ser muito bom de lábia e sempre conseguir o que quer, tirando as informações das pessoa com a maior facilidade. Conseguiu formar-se em quinto lugar em sua classe apesar de sua falta de talento natural, recusando-se a desistir de seu objetivo de exterminar os Titãs mesmo depois de ter sido desmembrado e devorado vivo e combater o Titã "Sorridente" quando desarmado e em sua forma humana. Ele aprecia e/ou admira seus companheiros em muito, e rapidamente submeterá-se a um ataque de fúria se um deles é ferido ou morto em sua frente. Ele aprecia a vida humana, mas o seu sentimento pessoal de justiça dita que quem rouba a liberdade e os sonhos dos outros é apenas digno de morte. Conforme as identidades dos Titãs Humanos são revelados, sua descrença rapidamente dá lugar a um desejo ardente de conceder a cada um uma morte lenta e agonizante por seus crimes. Apesar de suas provações, desde o assalto a Trost tê-lo ensinado a comportar-se uma maneira um pouco mais cuidadosa, Eren ainda tende a se comportar muito precipitadamente e a falar o que pensa, mesmo quando ele sabe que não deveria. Isso o coloca em grave perigo em várias ocasiões, muitas vezes tendo como resultado o seu resgate constante de situações problemáticas.

Eren, no entanto, tende a perder a confiança em si mesmo quando confrontado com como ele poderia fazer pouco ou nada em situações. Isso inclui quando Eren colocou sua confiança no Esquadrão de Operações Especiais, quando ele poderia ter lutado contra o próprio Titã Feminino, resultando na morte de todos os seus companheiros de esquadrão, exceto Levi.

Enquanto assume sua forma de Titã, Eren parece tornar-se mais selvagem, sanguinário e totalmente incontrolável. Embora ele seja capaz de controlar conscientemente seu corpo Titã após a luta por Trost, ele pode facilmente se envolver no prazer de massacrar seus inimigos, entregando-se a pensamentos tão brutais que ele dá a impressão de ser insano.

História

Quote1.png {{{1}}} Quote2.png
— {{{2}}}1

Eren nasceu no Distrito de Shiganshina na Muralha Maria filho de Carla Yeager e Grisha Yeager, um médico. Eles tinham poucos amigos, apesar de seu melhor amigo ser Armin Arlert, que muitas vezes ele defendia dos valentões da vizinhança. Armin inspirou sua paixão para deixar as paredes e viajar, mostrando-lhe um livro escondido sobre o mundo exterior. Ele sonhava em se juntar a Divisão de Reconhecimento, logo que ele atingiu a idade de alistamento, a fim de ver o mundo exterior. Devido a este sonho, Eren e Armin eram considerados hereges e perseguidos.

Quando Eren tinha nove anos, ele salvou Mikasa Ackerman de ser vendida como uma escrava por traficantes de seres humanos. Em uma visita à casa dos Ackermans, ele e seu pai descobriram ambos os pais assassinados e sua filha desaparecida. Temendo o pior, Dr. Yeager instruíu Eren para ficar dentro da casa enquanto ele foi buscar a polícia. No entanto Eren, querendo resgatar a menina desaparecida, logo que possível, seguiu a trilha dos sequestradores até uma pequena cabana na floresta.

Eren salva Mikasa dos sequestradores.

Abrindo a porta da sala onde Mikasa estava sendo mantida em cativeiro, encontrou-a deitada no chão com dois dos sequestradores perto dela.Fingindo sofrimento e dizendo que ele estava perdido, ele conseguiu que eles baixassem a guarda. Quando um deles fechou sua mãe em sua cabeça, Eren cortou sua garganta com uma faca que tinha escondido atrás das costas e rapidamente entrou dentro da sala. Quando o segundo homem foi atrás dele com um machado, Eren atacou-o com uma lança improvisada, perfurando-o no ombro. Uma vez que ele o homem caiu, Eren começou a esfaqueá-lo até a morte em um frenesi selvagem enquanto Mikasa olhava horrorizada.

Quando Eren desamarrou-a, na sequência, ele foi pego de surpresa pelo terceiro sequestrador, que começou a estrangulá-lo. Mikasa pegou a faca que Eren usou, mas rejeitou a idéia de usá-la para matar alguém. Eren pediu a ela para lutar, avisando-a de que ambos seriam mortos se ela não fizesse nada.Quando Eren começou a perder a consciência, Mikasa, finalmente, perdeu toda a inibição e investiu contra seu atacante, esfaqueando-o através do coração e matando-o instantaneamente.

Eren dá seu cachecol a Mikasa.

Quando o Dr. Yeager finalmente voltou com a polícia,ele repreendeu Eren com raiva por seu comportamento imprudente. Enquanto Eren estava genuinamente arrependido por perturbar seu pai, ele não expressou remorso por matar os sequestradores. Quando Mikasa comentou que ela estava fria, Eren deu-lhe o cachecol que estava em seu próprio pescoço; e quando Dr. Yeager convidou Mikasa para viver com sua família a partir de então, Eren aceitou-a sem hesitação, e com Mikasa puxando sua manga e timidamente insistindo que eles voltassem para casa.

Enredo

Arco da Queda de Shiganshina

Eren argumenta com Hannes sobre os soldados que precisam ser vigilantes.

No ano de 845, Eren vive com sua irmã adotiva Mikasa, sua mãe Carla e seu pai Grisha no Distrito de Shiganshina. Depois de acordar de um pesadelo interrompido por Mikasa, eles passeiam pela cidade e Eren expressa raiva em ser mantido como gado dentro de uma gaiola e revela suas intenções em aderir-se a Divisão de Reconhecimento. Mikasa repreende-o, não levando suas palavras a sério, e mais tarde revela que a seus pais a intenção de Eren. Eren repreende Mikasa por ter revelado aquilo, mas Carlafica assustada, chocada e irritada dizendo que a Divisão de Reconhecimento tem uma alta taxa de mortalidade, e que ela não vai deixá-lo entrar. Ela lhe pergunta por que ele quer fazer isso e ele diz que ele quer visitar o mundo exterior um dia e está cansado de viver dentro das paredes como gado. Ela implora para que seu marido Grisha fale algo com algum sentido para seu filho, mas Grisha diz que nada pode superar a curiosidade de um ser humano. Grisha diz que ele vai deixa-los por alguns dias em uma viagem e que, quando ele voltar, ele vai mostrar a Eren o que ele tem escondido no porão. Encantado, Eren , sua mãe e Mikasa acenam para ele. Carla lembra-lhe que ela não vai permitir que ele se junte a Divisão de Reconhecimento, e eles trocam um argumento aquecido mas de curta duração antes dele correr de casa. Carla se vira para Mikasa e implora para que ela cuide dele.

Eren, Armin e Mikasa olham horrorizados para a visão do Titan Colossal.

Eren, tentando assustar os agressores de seu amigo Armin Arlert, inicialmente acredita que os que amedrontou-os foi ve-lo chegando, quando na verdade era devido a Mikasa. Ele oferece a mão para Armin, mas Armin rejeita, expressando descontentamento com suas habilidades de proteger a si mesmo e admite que ele é fraco. Os três passeiam por Shiganshina e se estabelecem na margem do rio, onde Eren revela suas intenções em aderir a Divisão de Reconhecimento para Armin. Armin pergunta o que seus pais disseram sobre isso, e Eren responde que nada bem. Armin então contempla que realmente acredita que permanecer nas paredes não irá protegê-los para sempre, e que elas poderiam ser violadas a qualquer momento.

De repente, um raio cai e o chão treme. Os civis se reúnem em torno do centro da cidade e olham para cima com espanto ao ver uma mão gigante. Eren com Armin e Mikasa chegam no centro da cidade e todos eles se embasbacam com horror à vista. O enorme Titã chuta a muralha e faz um buraco na Muralha Maria, enviando detritos em toda a cidade.

Eren chora ao ver a mãe prestes a ser devorada

Isso faz Eren e Mikasa procurarem por toda a cidade em pânico tentando encontrar sua própria casa. Eren repete para si mesmo que sua casa vai estar lá como sempre tem sido, e quando chega nela, sua mãe está presa sob os escombros e está impotente para fugir. Ela diz que os escombros esmagaram suas pernas e ela não pode se mover, mas Eren retruca de volta que ele vai levá-la, em seguida, ela grita com ele, dizendo que ele nunca escuta ela. Um titã se aproxima da casa, visando Carla. Um membro das tropas estacionárias, Hannes, chega no tempo certo, e Carla implora que ele leve as crianças e corra. Querendo retribuir o Dr. Yeager por tudo que ele fez ao ajudar a aldeia, Hannes tenta matar o Titã e salvar Carla, mas a altura enorme e aparência assustadora do Titã o obriga a levar Eren e Mikasa e deixar Carla para trás. Quando Hannes carrega os dois em seus ombros e corre para o outro lado, Carla pede para os seus filhos para sobreviverem e silenciosamente chora por seu retorno, no entanto, é tarde demais. Eren testemunha o titã levantar sua mãe, esmaga-la, e come-la viva.

Quando a evacuação de Shiganshina está em andamento, Eren, Mikasa e Hannes chegam em um beco e Eren começa a atacar Hannes, chorando e perguntando por que ele não salvou sua mãe. Hannes diz que a razão de que Eren não poderia salvá-la era porque mesmo que ele tivesse a coragem, ele não tinha a força, e ele mesmo não tinha a coragem, embora ele tivesse a força.

Eren pouco depois de receber seus poderes de Titã de seu pai.

Hannes deixa Eren e Mikasa no barco e deixam a cidade infestada de Titãs. Lá, Eren e Mikasa testemunha o Titã Encouraçado destruir o portão de trás de Shiganshina. Eren, Armin e Mikasa são forçados a sair do barco quando Eren percebe que ele nunca poderia voltar para casa, e jura matar todos os Titãs.

Eren não tinha as memórias sobre o que aconteceu depois que ele entrou na capela Reiss: quando ficou seguro, Grisha encontrou seu filho. Eren diz-lhe que sua mãe foi comida. Depois de ouvir isso, Grisha leva Eren a Capela Reiss, onde mata todos os membros da família Reiss, exceto Rod, rouba o Coordenar e é finalmente comido por Eren, dando a Eren o poder de se transformar em Titã e do Coordenar.

Arco do 104º Esquadrão de Recrutas

Após a queda da Muralha Maria, Eren, Mikasa e Armin brevemente ficaram em um aterro trabalhando em uma fazenda antes de atingir a idade adequada para se inscrever na milícia. Após estes cinco anos, eles começam seu primeiro dia nas áreas de treinamento e o instrutor Keith Shadis avaliou se todos eles iam se graduar ou virar comida de titã. Eren restaurou sua promessa de matar todos os Titãs, e que da próxima vez, eles serão os únicos que vão ser devorados.

Eren diz aos cadetes suas memórias de Shiganshina.

Antes do treino, Eren atraiu uma multidão de formandos na hora do jantar e após o interrogatório, descreveu a aparência dos Titãs Colossal e Encouraçado. Ele passou mal ao se lembrar de sua mãe ser comida, e assim Marco sugeriu que não perguntassem a Eren sobre coisas que ele preferia não trazer de volta. No entanto, Eren atribuiu isso a ânsia de começar seu treinamento e matar todos os Titãs junto da Divisão de Reconhecimento. Jean Kirstein interrompeu Eren e zombou de sua decisão. Eren não admirou o desejo de Jean de se juntar a Polícia Militar simplesmente para viver nas paredes interiores e os dois se prepararam para lutar entre si. O sino sinalizando o fim do jantar quebrou a tensão entre os dois .

No dia seguinte, os estagiários começaram a praticar com o DMT . Eren absolutamente não conseguiu manter-se firme e teve aulas extra com Armin e Mikasa. Ele se golpeia durante o jantar,e os outros estagiários zombam de seu desempenho especialmente após a sua promessa de matar todos os Titãs.

De volta ao dormitório, Connie e Jean não oferecem quaisquer sugestões a Eren que visita Reiner Braun e Bertolt Hoover para obter ajuda. Embora eles ficaram relutantes no início, depois da troca de histórias do grupo de como eles encontraram pela primeira vez os Titãs, eles deram dicas a Eren e se tornaram amigos.

Eren finalmente equilibra-se no DMT.

Eren tenta novamente praticar o DMT e Shadis lhe permite tentar equilibrar-se no Equipamento Vertical uma última vez antes , e se falhasse , seria mandado para os campos. A princípio, Eren pode manter o equilíbrio e seus colegas começaram a torcer, mas com a mesma rapidez, Eren virou de cabeça para baixo. Shadis então o colocou de volta no chão e depois de alguns momentos de contemplação,deu a Eren o equipamento que estava com Thomas Wagner. Eren facilmente mantéva o equilíbrio e Shadis revelou que seu equipamento estava com defeito, impressionando a todos por Eren manter o equilíbrio, mesmo por um tempo, com o equipamento quebrado. Shadis notou mentalmente ao pai de Eren, Grisha Yeager, que seu filho estava finalmente se tornando um soldado.

Em 850, o 104º Cadet Corps está passando por uma avaliação de condicionamento físico supervisionada pelo Comandante Sadies. O comandante observa que as notas de Eren melhoraram com seu esforço incomparável e que ele possui o dobro do senso de propósito do que qualquer outra pessoa. Mais tarde, os cadetes estão praticando combate corpo-a-corpo quando Eren desarma Reiner. Enquanto trocam de papéis, Eren observa a inutilidade de aprender combate anti-humano, bem como atacar um inimigo armado, com as mãos vazias, lembrando do dia em que ele matou os bandidos.

Reiner vê Annie Leonhart evitando o treino e mostrando-a, tenta desarmar Eren. Quando Eren investe contra ela, ela rapidamente chuta o pé para fora dele e o deixa cair em sua cabeça com alguns movimentos. Eren elogia sua técnica, mas Annie acredita que esse treinamento é inútil, pois não é um fator em seus rankings. Ela aponta a hipocrisia de ter os 10 melhores graduados, os mais efetivos combatentes Titan, sejam os únicos aptos a se juntarem à Polícia Militar e viverem no território humano mais seguro.

Mais tarde naquela noite, enquanto os cadetes estão jantando, Eren ouve a discussão de Jean com Marco sobre o uso eficiente do gás no equipamento omnidirecional e como tal técnica avançada permitiria que ele fosse classificado mais alto e se juntasse à Polícia Militar. Eren insulta o raciocínio superficial de Jean em querer se juntar à Polícia Militar e os dois quase chegam a um golpe mais uma vez. Jean pega Eren e tenta socá-lo, e Eren se prepara para retaliar, ele percebe Reiner e Annie observando de perto a situação; usando a técnica de desarmamento de Annie, Eren rapidamente termina a luta para resolver a situação. Quando Jean o insulta, Eren diz a Jean que ele aprendeu essa técnica de combate enquanto Jean não estava levando o treinamento a sério e se pergunta como ele poderia se chamar de soldado se uma vida despreocupada é sua idéia do mundo real.

A graduação dos cadetes se aproxima, até que finalmente Eren se forma no top 10 do 104º Cadet Corps, junto com Mikasa, Reiner, Bertholdt, Annie, Jean, Conny, Sasha, Marco e Christa. Após a formatura, ele é designado para limpar os canhões no topo de Wall Rose com Sasha, Conny e alguns outros. Lá eles testemunham o retorno do Titã Colossal, que não foi visto nos últimos cinco anos..

Arco da Batalha de Trost

Eren se levanta para salvar Armin

Após a formatura, antes de Eren ser capaz de se candidatar-se formalmente na Divsão de Reconhecimento, o Titã Colossal aparece da mesma forma que fez no dia da queda da Muralha Maria. Eren tenta destruí-lo, mas este desaparece em uma nuvem de fumaça, depois de ter aberto um buraco para a entrada de Titãs.

Em resposta a essa crise, os novos recrutas são misturados e divididos em equipes específicas, encarregadas de difundir e defender as diferentes partes da cidade. Eren é agrupado com Armin. Ao ver seus companheiros morrerem, Eren pula para a batalha depois de um Titã comer o seu companheiro, Thomas. Eren teve a perna arrancada devido a um ataque surpresa de um outro Titã, incapacitando-o. O resto de seus companheiros de grupo morrem como resultado (com exceção de Armim). Assim, Armin, prestes a ser comido, é salvo uma última vez por Eren, que consegue puxar seu amigo para fora da boca do Titã Barbudo, efetivamente trocando de lugar com ele. Eren é engolido, o seu braço esquerdo é arrancado com a mordida do monstro.

Mais tarde é revelado que no estômago do Titã Barbudo, o desespero de Eren em exterminar todos os Titãs desencadeia a sua primeira transformação, estourando o Titã Barbudo e prosseguindo para destruir os que encontrasse em seu caminho. No processo, ele salva a vida de Mikasa, abatida pelo luto de ter perdido seu irmão adotivo; e é atraído por uma equipe de seus colegas para ajudar a afastar o grupo de Titãs parados ao redor um quartel-general de armazenamento de gás comprimido, utilizado para alimentar o DMT.

Eren aparece de fora do Titã.

Conforme os Titãs parecem derrotá-lo e o grupo de Mikasa está prestes a intervir, um certo Titã (o mesmoque matou um dos membros da equipe de Eren, Thomas) aparece, e a fúria de Eren faz-o focar-se em destruir esse Titã. Assim que o massacre é finalizado, Eren cai no chão e sua forma humana emerge da nuca de sua forma Titã (com ambos os membros perdidos regenerados) para o choque de todos que presenciam tal momento. Eren está recuperado e é resgatado por Mikasa.

Após o seu despertar, Eren parece ter apenas uma tênue lembrança da sua transformação como um Titã e encontra-se encurralado pelos militares, com apenas Mikasa e Armin como o seu apoio. Os militares tem a intenção de matar Eren, vendo ele como um inimigo. Um canhão é disparado e Eren agarra seus dois amigos e morde a própria mão, impedindo que a bola de canhão os atinja a partir de uma materialização incompleta de seu Titã. Eren permite que Armin vá tentar convencê-los para que prove que Eren está do lado dos humanos, até que o Comandante Pixis intervém quando o sucesso não é obtido.

Eren ataca Mikasa.

Um plano, então, é feito para que Eren use sua forma de Titã para carregar uma enorme pedra arredondada para tapar a fenda do portão externo. Eren é colocado em uma equipe que inclui Mikasa para defendê-lo enquanto ele carrega a pedra. Entretanto, após a sua transformação para executar o plano, ele ataca Mikasa, que tenta se comunicar com ele para acalmá-lo, sem sucesso. Eren acaba ferindo a si mesmo e seu corpo não consegue se regenerar; a missão é declarada um fracasso. Apesar disso, o líder do grupo, tenta convencer Mikasa que decide que eles devem ficar e proteger Eren mesmo assim. Armin chega a tempo e convence Mikasa para ir ajudar a afastar os Titãs, enquanto ele tenta ajudar Eren. Finalmente, com a ajuda de Armin, Eren é capaz de se erguer e mover a pedra, tapando a fenda da muralha com sucesso apesar do sacrifício do resto dos membros da equipe (com exceção do cabo Rico Brzenska, Armin e Mikasa). Eles são salvos de uma situação desesperadora de um Titã indo em direção deles, após a transformação de Eren de volta para a forma humana, por Levi.

Eren acorda de novo, desta vez em uma cela de prisão, em uma espécide de calabouço, acorrentado. Levi estava lá e, ao ouvir o seu motivo para matar Titãs, diz que o aceita na Divisão de Reconhecimento. Eren é deixado lá por um tempo antes de ser escoltado pelos membros da Divisão de Reconhecimento para a sala do tribunal, onde é julgado por pela Polícia Militar e seu pedido de execução, e do lado oposto, a Divisão de Reconhecimento, argumentando ser capaz de usar seu poder como vantagem em suas missões. Após o enfurecimento de Eren para com a os clérigos e membros da burguesia em discussão na corte, Levi o espanca, e fica decidido que o seu destino será decidido depois de uma missão de "teste" com a Divisão de Reconhecimento.

Arco da Titã Fêmea

Eren, juntamente com alguns de seus antigos colegas que também aderiram à Divisão de Reconhecimento, foram treinar por um mês, aprendendo a Formação de Comunicação de Longa Distância, antes de ter de sair para além das paredes da Muralha Rose às ruínas na região uma vez protegida pela Muralha Maria. Eren, juntamente com a maioria do grupo, não é informado sobre o objetivo da operação, mas que deve apenas seguir as ordens. Eventualmente, um titã "inteligente", conhecido como o "Titã Fêmea" para a equipe de Eren e persegue-os em direção a uma enorme floresta. Após uma maior aproximação do Titã e a morte de alguns companheiros de trás da formação enquanto Eren e sua equipe decidem continuar correndo, Eren é percebe-se tentado a usar seu poder Titã e salvar seus companheiros e lutar contra o Titã Fêmea. Levi permite essa escolha, mas Eren decide confiar em sua equipe, sacrificando o último membro remanescente da retaguarda.

Eren luta contra a Titã Fêmea

O Titã Fêmea, suspeito de ser o mesmo que Eren, ou seja, apenas um "ser humano em pele de titã", quase captura Eren antes de ser ela mesma emboscada e capturada. Eren e o resto de sua equipe, excluindo Levi, dirigem-se para fora da floresta, na crença de que a titã foi capturada e sua forma humana, revelada. Isso não acontece e a forma humana não identificada do Titã Fêmea mata um dos membros da equipe antes de voltar a se transformar em titã. Os três membros da equipe restantes dizem para Eren continuar correndo à frente enquanto eles tentam matar o Titã Fêmea. Eren insiste em ficar e lutar com eles, mas, novamente, é convencido do contrário e se retira. Os três são imediatamente abatidos e Eren, tomado pelo arrependimento, se transforma em Titã e encontra o Titã Fêmea.

Ele acaba por perder a luta e ser capturado pelo Titã Fêmea. Mikasa chega ao local a tempo de observar isso e persegue o Titã Fêmea para recuperá-lo, seguida por Levi. Os dois se unem para recuperar Eren, deixando o Titã Fêmea vivo enquanto eles partem de volta para a Muralha Rose. A missão falha e muitos soldados são mortos. Eren fica chocado quando percebe que Annie Leonhart sorri da mesma forma que o Titã Fêmea assim o fez quando ela desencapa Armin. Eren mais tarde percebe que Annie é o Titã Fêmea. Quando ele tenta transformar-se novamente, ele não o pode fazer por causa do choque e da confusão em sua mente. Voltando à sala de reuniões, Eren pede desculpas a Levi por desobedecer suas ordens e lutar contra o Titã Fêmea. Se ele não o tivesse feito, não teria chegado na situação que estava. Quando Mikasa e Armin prepararam-se para enfrentar Annie por si só, Eren finalmente supera seu choque e transforma-se em sua forma titã, ajudando a capturá-la.

Arco do Confronto de Titãs

Quando a Muralha Rose tem seu portão supostamente destruído, Eren encontra-se em uma das equipes na área. Ele dirige-se ao Castelo Utgard sob a liderança da líder de esquadrão Hange Zoë, a fim de usá-lo como construção de vigilância. Eren e o resto da equipe chegam a tempo de salvar Reiner e os outros, Eren mata um tipo de 7m e comemora sua primeira vitória como um membro da Divisão de Reconhecimento. Em seu caminho de volta para casa, Reiner começa a agir estranho em torno de Eren, que começa a entrar em pânico. É então que Mikasa percebe quem Reiner e Bertholdt realmente são e passa a tentar matá-los. Reiner transforma-se no Titã Encouraçado e seqüestra Eren. Eren chama Reiner "filho da puta traidor" e se transforma. Ele e Reiner, então, começam a lutar. Num primeiro momento, Reiner tem a vantagem, mas Eren, usando suas habilidades marciais, foi capaz de prender Reiner e tenta arrancar o pescoço dele. Eren subjuga facilmente Reiner, com as movimentos e habilidades que aprendeu com Reiner e Annie, tentando tirar a sua cabeça. Berthold usa o corpo de seu Titã Colossal para acertar ambos os Titãs. No meio do caos Eren é seqüestrado. Eren e Ymir são levados para a floresta de árvores gigantes por Reiner e Berthold. Ele tenta se transformar em Titã novamente, apesar de ter perdido os braços, mas Ymir sabiamente diz para ele não o fazer, já que ela também está no processo de regeneração de ambos os braços. Enquanto ela questiona Reiner e Berthold sobre o Titã Macaco que eles perseguem, Eren recupera-se em silêncio enquanto Reiner revela que a Humanidade não tem esperança na luta contra os Titãs. Ele e Berthold oferecem a Eren e Ymir a chance de se juntar a eles, a fim de proteger seus entes queridos. Enquanto ela considera se juntar a eles, Eren furiosamente recusa e acusa ambos Reiner e Berthold de causar-lhe tanta dor. Ele confiou neles e eles o traem ao destruirem sua cidade natal e, de certa forma, matarem sua mãe. Quando ele descobre que Ymir está pensando em se unir a Reiner e Berthold, Eren tenta, em vão, convencê-la de recusar.

Habilidades

Artes Marciais

Originalmente, a única característica notável de Eren era sua força física natural. Conforme ele cresce e se junta ao 104º Esquadrão, ele treina-se intensivamente em combate corpo-a-corpo. Após o treinamento adicional com Reiner e Annie, o dom de Eren e as habilidades diversificam-se ao incluir o uso de socos, arremessos, agarrões e locks aprimorados sendo um dos melhores lutadores entre os estagiarios. Apesar da luta corpo-a-corpo parecer inútil devido às enormes diferenças físicas entre os seres humanos e Titãs, essas habilidades deram a Eren uma poderosa vantagem ao lutar contra outros titãs irracionais usando seu próprio titã. Posteriormente, utilizando técnicas que aprendeu com Reiner e Annie, Eren foi capaz de subjugar Reiner em seu Titã Encouraçado.

Dispositivo de Manobra 3D

Em primeiro lugar, é mostrado que Eren não é muito hábil com o DMT. Ele tenta inúmeras vezes, continuou caindo e batendo a cabeça no chão. As pessoas zombavam dele por isso. Eren pede a ajuda de todos, mas o único conselho que poderiam dar a Eren era que ele precisava esvaziar sua mente e se concentrar. Em sua última tentativa Eren, faz exatamente isso e fica de pé por um curto período de tempo antes de tombar e bater a cabeça. O comandante pede para Tomas Wagner trocar o equipamento com Eren e para tentar novamente. Eren assim o faz e equilibra-se com facilidade. O comandante então diz a Eren que seu equipamento estava danificado e que foi um milagre ele ter conseguido equilibrar-se mesmo com o problema dando a ele um prestígio respeito entre os recrutas que ficaram admirados pelo fato dele se equilibrar mesmo com o dispositivo quebrado . Ele não é mostrado usando o equipamento , mas foi capaz de lidar com o Titã Colossal por um curto período de tempo até este desaparecer(coisa que ninguem da Divisão de Reconhecimento ou outro humano até mesmo Mikasa não consegui o chegando quase a matá-lo um feito considerável admirável ). Ele lentamente consegue tornar-se capaz de desenvolver suas habilidades a um nível respeitável, e até sendo capaz de matar um titã ele mesmo não muito tempo depois de entrar para a Divisão de Reconhecimento.

Poder dos Titãs

Depois de ser engolido por uma titã, Eren foi capaz de se transformar em um titã. Ele é muito mais forte do que a média titã, e é capaz de derrubar todo um grupo de titãs rapidamente. Nesta forma, ele é um titã de 15m, com cabelos negros na altura dos ombros, orelhas pontudas, e uma enorme boca. Por causa de seu corpo definido, ele possui uma força superior até mesmo a de titãs de mesma altura. Ainda, por causa de sua inteligência e preparo militar (algo que outros titãs obviamente não apresentam) permitem-no facilmente despachar hordas inteiras de titãs sozinho.

Eren mordendo seu dedo para tornar-se titã

Embora, inicialmente, tivesse pouco a nenhum controle sobre suas ações, ele conseguiu superar isso com o uso extensivo das transformações. Sua forma Titã, combinada à sua experiência e o desenvolvimento de suas habilidades de combate corpo-a-corpo, permitiu-o matar mais de 20 Titãs em sua primeira transformação e, finalmente, superar e quase matar o Titã Blindado.

Suas transformações são acionadas ao causar dano físico em si mesmo, tendo um objetivo claro em mente. Ele também pode provocar manifestações parciais. Mesmo em sua forma humana, Eren ainda tem alguns benefícios, tais como as suas capacidades regenerativas aceleradas.

Estatísticas de Eren Yeager [1]:

Combate
9/10
Iniciativa
10/10
Juízo
3/10
Trabalho em equipe
5/10
Temperamento
10/10

Relacionamentos

  • Grisha Yeager - Eren é filho de Grisha . É mostrado que Grisha preocupa-se com Eren ao repreendê-lo por confrontar os sequestradores de Mikasa sozinho. Ele também entende a curiosidade e contade de Eren, ao ouvir calmamente o seu desejo de ver o mundo lá fora. Ele também parece ter fé nele ao forçadamente dar-lhe uma injeção, supostamente dado a ele o poder da transformação.
  • Carla Yeager - Eren é o único filho de Carla. Carla preocupa-se com seu filho e repreende-o por querer se juntar à Divisão de Reconhecimento, devido a muitas pessoas morrerem do lado de fora dos muros. Eren fica irritado e discute com sua mãe quando ela o reprova ou o repreende. Mais tarde, após sua morte, ele se arrepende por discutir com ela até o fim. Sua morte foi o catalisador de seus motivos de vingança contra os Titãs.
  • Hannes - Antes da queda da Muralha Maria, Eren constantemente frustra-se por Hannes ser um bêbado habitual no trabalho. Apesar de não ter conseguido salvar Carla das mãos do Titã, Eren não tem qualquer ressentimento com Hannes. Ao contrário, ele olha para ele com respeito e compreensão. Eren sentiu grande remorso ao testemunhar Hannes sendo brutalmente assassinado pelo mesmo titã que devorou sua mãe.
  • Armin Arlert - Armin é o melhor amigo de Eren, que o inspirou a sonhar com o mundo além dos muros. Armin foi parcialmente responsável por motivá-lo a se juntar à Divisão de Reconhecimento. Sempre que Armin se mete em problemas, digamos, ao entrar em uma briga com valentões locais, Eren normalmente tenta salvá-lo. Eren também elogia e reconhece a capacidade do Armin de pensar na melhor solução em uma situação extrema, que inspirou a auto-confiança em si, de tal forma que ele pode enfrentar um grupo de soldados, que tinham a intenção de matá-los por medo da forma titã de Eren, e tentar convencê-los do valor de Eren como uma arma militar.
  • Mikasa Ackerman - Mikasa é a irmã adotiva de Eren. Mikasa considera que ele seja sua 'família' e tem uma forte ligação com ele. Ela é capaz de fazer qualquer coisa por ele, seja protegê-lo ou livrá-lo de qualquer problema, já que ele é a pessoa que a salvou de um grupo de sequestradores. Como um símbolo de sua lembrança, ela usa um cachecol que Eren deu a ela depois de salvá-la dos seqüestradores. Eren, apesar de preocupar-se com Mikasa, tem um pouco de um complexo de inferioridade em relação a ela e fica um pouco irritado quando Mikasa atua de maneira muito protetora para com ele, e se sente como se ela o tratasse como seu "irmãozinho". Durante a reconquista de Trost, Mikasa corou quando Ian sugere que ele era o namorado dela, vendo a forte ligação com ele. Mesmo Levi expressa confusão sobre por que ela é tão ligado a ele.
  • Jean Kirstein - Jean é uma antítese a Eren; Eren é exaltado enquanto Jean é coletado. Jean é pragmaticamente pessimista enquanto Eren é idealista. Eren é assertivo e obstinado enquanto Jean, apesar de respeitar a opinião dos outros, desaprova ter outras opiniões "forçadas goela abaixo". Eren pensa com o coração, enquanto Jean pensa com a sua cabeça. Apesar de severamente em desacordo um com o outro, Jean, depois de perceber o potencial do Eren como Titã, põe de lado a sua inimizade para com Eren. Às vezes, eles trabalham juntos para realizar as coisas, apesar de suas diferenças.
  • Connie Springer - Eren e Connie compartilham a mesma situação, ambas as suas famílias e lares são, agora, nada mais do que lembranças distantes.
  • Annie Leonhart - Eren admira muito Annie, e foi treinado em seu estilo de luta durante seus anos como estagiários. Ele considera que ela seja uma pessoa boa sob seu exterior frio, e credita-a ao torná-lo consciente das contradições dentro do sistema militar. Ele fica horrorizado ao saber que ela é um Titã, e torna-se tão conflituoso que acaba por, inicialmente, ser incapaz de se transformar. Mesmo enquanto lutava contra ela, ele continua a se perguntar sobre seus motivos da humanidade antagonizar e expressar preocupação para com ela. Quando Eren não conseguiu se transformar em um Titã para enfrentar Annie dentro da cidade, Mikasa diz que pode ser devido a Eren abrigar "sentimentos especiais" por ela.
  • Reiner Braun - Eren descreve Reiner como sendo como um irmão mais velho, e admira-o como um "homem forte e capaz". Os dois foram mostrados treinando juntos, e Reiner ensina-o a importância de os soldados deverem proteger os mais fracos. Na verdade, aquele que Eren enxergou como uma referência não era nem Levi (intitulado como o mais forte da humanidade), mas Reiner. No entanto, Eren vem rapidamente a desprezar Reiner ao saber de sua verdadeira identidade como o Titã Encouraçado, e promete matá-lo de qualquer maneira.
  • Bertholdt Hoover - Embora em bons termos, Eren parece pensar nele como "calado" mais o respeita muito ele o considera junto com reiner como os melhores soldados entre os recrutas e adimira muito a suas habilidades. Depois de sua verdadeira identidade ser revelada, Eren vem a odiá-lo e chamá-lo de "lacaio", confrontando-o sobre o seu papel na morte de sua mãe. Ele fica ainda mais furioso com a resposta fria de Bertholdt, e jura fazer sua morte a mais dolorosa de todas possível.
  • Marco Bodt - Eren tinha um grande respeito por ele, e reconheceu a sua tendência de pensar no grupo como um todo antes de si mesmo. Ele afirmou que ele teria gostado de estar em sua equipe, e considerou-o um bom líder. Na verdade, Eren ficou muito abatido ao saber da morte de Marco e até viu uma aparição dele vestindo capa da Divisão de Reconhecimento.
  • Levi Ackerman - Eren tem um grande respeito por seu superior e ambos dependem um do outro. Durante o teste, Levi salvou a vida de Eren, enquanto Eren decidiu confiar em Levi e seus companheiros quando Levi permitiu que Eren escolhesse entre acreditar nele mesmo ou na Divisão de Reconhecimento como um todo durante a Expedição do Titã Fêmea. Depois de descobrir sobre a lesão de Levi, Eren pede desculpas sobre tomar a decisão errada, mas Levi diz a ele que não havia nenhuma maneira que poderia ter previsto o resultado.
  • Petra Rall - Entre os membros da equipe que foram designados para protegê-lo, Petra foi quem mais se aproximou de Eren. Eren admira Petra, não só por sua habilidade, mas também por ela admirá-lo. Ele ficou muito abatido quando ela foi morta pelo Titã Fêmea que o levou a trasformar-se em seu próprio Titã e lutar contra o primeiro.
  • Oluo Bozard - Apesar da natureza arrogante e prepotente de seu sênior, Eren respeitava Auruo mais ou menos como um guerreiro, mesmo apesar de ele maudizê-lo após elogiá-lo. Vale a pena notar que após a morte de Auruo, a transformação de Eren ocorreu para vingar as vidas de seus companheiros mortos.
  • Erd Gin e Gunter Shulz - Eren admirava os dois soldados, tanto em suas habilidades quanto na devoção à humanidade, enfrentando titãs. Suas mortes alimentaram a vontade de vingança de Eren para enfrentar o Titã Fêmea em uma batalha.
  • Historia Reiss - Eren sente pena de Historia pelo seu passado triste e admite que nunca gostou de sua identidade falsa como Christa Renz por sempre achar que ela estava fingindo ser boazinha, mas depois se sente encurralado quando o pai dela Rod Reiss o acorrenta no subterrâneo e convence Historia que Eren e seu pai Grisha são os maiores causadores do caos que existe nas muralhas e ele se desespera ao saber que ela está começando a acreditar no pai, mesmo Eren tendo se lembrado de tudo e ter acessado as memórias do pai e ter visto tudo o que aconteceu de verdade, é uma pena ele não poder falar nada pois sua boca foi amordaçada por Rod para ele não falar nada quando se lembrasse da verdadeira história e não se mordesse para não se transforma em titã.
  • Hange Zoë - admira muito Eren e está muito interessada em suas transformação titã e quer muito estudá-lo e prometeu que não quer fazer mau a ele dando um grande respeito que Eren tem por ela.
  • Erwin Smith - ele admira seu comandante da Divisão de Reconhecimento, tem um grande respeito, o considera um líder nato e um ótimo estrategista.

Curiosidades

Design de Eren para o anime

  • Eren foi classificado em segundo lugar na votação de popularidade de personagens, logo após Levi.
  • Eren é conhecido por brigar com valentões locais.
  • Em um flashback, seu pai diz que que ele não faz amigos facilmente.
  • O nome Eren é de origem Turca Étnico-Cultural. Seu significado e descrição exatos são "Aquele que avança / atingiu em direção à maturidade e sabedoria divina". Ele também pode ser interpretado como um "santo" ou "pessoa santa".
  • Sobrenome de Eren, Yeager, faz alusão à palavra alemã e escandinava Yeager, que significa "caçador".
    • A música da primeira abertura do anime, Feuerroter Pfeil und Bogen (Guren no Yumiya), aparentemente faz referência ao nome em seus primeiros versos("Sie sind das Essen und wir sind die Yeager!" ou "Eles são a caça, e nós, os caçadores!"). A música também é a música tema de Eren.
  • Hajime Isayama declarou em uma entrevista que ele baseou titã de Eren no artista marcial japonês Yushin Okami, parafraseando-o para ser o "corpo ideal de um artista marcial médio de estilos mixos."
  • Devido à falta de um nome oficial ao titã de Eren, os fãs deram-no o nome "Titã Desordeiro", devido ao comportamento de Eren ao se transformar.
  • A versão animada do titã, envolto em chamas, que só existe no anime, pode ser uma alusão ao Gigante de Fogo nórdico.
  • Devido a vários paralelos, a evidência mostra que uma possível inspiração para Eren Yeager poderia vir de outro personagem que carrega um nome similar, Frank Jaegar, da franquia de games Metal Gear Solid. Frank Yeager foi uma criança-soldado, perdendo seus pais como resultado da guerra; adotou uma garota como sua irmã após uma matança; sua morte aparente relaciona-se com "a franqueza de uma criança, mas a ferocidade de um caçador"; foi subjugado à experimentação humana; tinha uma proficiência com espadas e excelência no combate de curta distância (CQC).
  • O nome de Eren foi inspirado no mesmo que deu o poder de titã ao pai de Eren, Eren Krüger

Referências

  1. Attack on Titan Guidebook (p. 31)
Advertisement