Attack on Titan Wiki

FandomDesktop

Com a chegada do FandomDesktop ontem, muitos de vocês que optaram por começar agora a usar ela, podem perceber que a wiki tá meio estranha, e realmente está, estou trabalhando para resolver isso, por isso, peço paciência. Obrigado.

Leia mais sobre a FandomDesktop aqui.

E a wiki terá uma drástica mudança de aparência, por isso não estou tão ativo como eu era antes, obrigado novamente pelo seu tempo!

LEIA MAIS

Attack on Titan Wiki
Advertisement
Attack on Titan Wiki
Artigo
Galeria
Quote1 Algum dia, quando eu for rica, poderei andar em um dirigível também? Quote2
— Fay enquanto olha para um dirigível no céu[1]

Fay Jaeger (フェイ・イェーガー Fei Yēgā?) era a irmã mais nova de Grisha Jaeger e como uma Eldiana, ela cresceu na distrito de concentração de Liberio em Marley.

Aparência[]

Fay tinha cabelo curto e castanho que mal chegava aos ombros, com franja bagunçada e olhos escuros. Ela usava um vestido esvoaçante, um lenço branco e um casaco, junto com sua respectiva braçadeira.

Personalidade[]

Fay não tinha muita experiência com o mundo em uma idade tão jovem, precisando de Grisha para tirá-la de sua zona de conforto. Ela era uma criança inocente, mas muitas vezes dependia de seu irmão mais velho para protegê-la. Ela viu o mundo com capricho e deleite, olhando para a aeronave no céu com admiração.[1]

História[]

Fay and Grisha see the airship

Fay e Grisha encontraram o dirigível

Depois de deixar sua casa, Fay e seu irmão Grisha olharam para o céu e viram uma aeronave que os fascinou. Quando o dirigível voou sobre o muro que limitava a cidade, eles seguiram até a extremidade superior da cidade, deixando sua cidade sem permissão.[1] Enquanto procuravam pelo dirigível, Fay e Grisha foram enganados pelos cidadãos que viram suas braçadeiras e foram chamados de impurezas de sua região.

No final de sua busca pela aeronave, Fay e Grisha encontraram dois Oficiais de Marley relaxando em uma colina. Os homens pretendiam punir Grisha e Fay por invadirem e deixarem a zona de internamento sem permissão de saída. Depois de se oferecer para levar o fardo por ambos, um dos homens espancou Grisha enquanto o outro levava Fay embora. No entanto, Fay não estava presente quando Grisha voltou para casa após sua surra.

Fay is eaten by dogs

A morte de Fay

No dia seguinte, o corpo mutilado de Fay foi encontrado na margem do rio. Os policiais que encontraram as crianças se reuniram com seus pais e disse a eles que Fay foi deixada em segurança na fronteira e que foi a própria culpa de Fay por ter saído em primeiro lugar. Grisha deduziu que os homens estavam mentindo e de forma alguma a morte de Fay era culpa dela. Enquanto sua mãe estava tomada pela tristeza, seu pai sorriu para os homens e disse-lhes que instruiria melhor seu filho sobre a questão de deixar sua cidade. Mais tarde, seu pai reeducou Grisha sobre o passado maligno de seus ancestrais. No entanto, Grisha explicou que os homens de Marley estavam mentindo sobre Fay e quando ele começou a dizer que achava que eles a mataram, seu pai gritou com ele por dizer isso, Grisha então respondeu aos gritos dizendo que ele e Fay não fizeram nada de errado.

Sete anos depois, Grisha juntou-se aos Restauracionistas depois de receber informações que revelaram que Fay foi levada pelo oficial Marleyano que a acompanhou naquele dia e foi comida viva por cães.[2]

Relacionamentos[]

  • Grisha Jaeger - Grisha era o irmão mais velho de Fay. Quando crianças, os dois compartilharam um relacionamento íntimo e amoroso. Fay tendia a se esconder atrás dele quando estava com medo, mostrando a confiança que Fay tinha em seu irmão. Ela cuidou do bem-estar dele, chorando ao vê-lo ser punido por um oficial marleyano da Segurança Pública de Marley. A morte de Fay foi o que mais tarde inspirou Grisha a se juntar ao movimento Restauracionista.[2]

Referências[]

Navegação[]

Advertisement