Attack on Titan Wiki

FandomDesktop

Com a chegada do FandomDesktop ontem, muitos de vocês que optaram por começar agora a usar ela, podem perceber que a wiki tá meio estranha, e realmente está, estou trabalhando para resolver isso, por isso, peço paciência. Obrigado.

Leia mais sobre a FandomDesktop aqui.

E a wiki terá uma drástica mudança de aparência, por isso não estou tão ativo como eu era antes, obrigado novamente pelo seu tempo!

LEIA MAIS

Attack on Titan Wiki
Advertisement
Attack on Titan Wiki

Os The Jaegeristas (イェーガー派 Yēgā-ha?) são uma facção rebelde apoiada por civis e ex-soldados do exército de Paradis. O objetivo deles é reunir Eren Jaeger com seu meio-irmão Zeke e criar o "Novo Império Eldiano" (新生エルディア帝国 Shinsei Erudia Teikoku?).[1]

Estrutura[]

O grupo é conhecido por consistir de mais de cem membros, muitos deles da Divisão de Reconhecimento. No entanto, a verdadeira extensão de sua influência é desconhecida, com muitos soldados e civis jurando dedicar seus corações a Eren Jaeger.[1]

Enredo[]

Arco de Marley[]

Eren começou a agir por conta própria[2] enquanto desafiava os militares que pretendiam alimentar Zeke Jaeger para Historia Reiss após sua chegada a Paradis.[3]

Arco da Guerra por Paradis[]

Após a infiltração de Eren em Marley e o ataque resultante em Liberio, ele foi preso por suas ações que resultaram na morte de vários soldados da Divisão de Reconhecimento. A palavra começa a se espalhar sobre sua prisão e os aqueles que vazaram a história são presos também.[4] Enquanto isso, os manifestantes começam a se reunir e exigir que Eren seja libertado de seu confinamento.[1]

Em algum ponto, mais pessoas começaram a revelar que veem Eren Jaeger como seu salvador que poderia salvar o Império Eldiano.[1]

Enquanto isso, os Jaegeristas da Divisão de Reconhecimento começariam a trabalhar secretamente com a seguidora de confiança de Zeke, Yelena, e obteriam vinho para os soldados que detinham Zeke na Floresta Titã. Este vinho foi retirado dos navios Marleyanos capturados e está contaminado com o fluido espinhal de Zeke; também foi instruído a ser distribuído a muitos chefes de alto escalão das Forças Armadas para neutralizá-los como possíveis ameaças.[5]

Eventualmente, vários membros plantam uma bomba em uma cadeira pertencente ao Comandante Dhalis Zachary e a colocam em seu escritório. Posteriormente, eles dispararam a bomba, matando Zachary e vários membros da Polícia Militar. Quase ao mesmo tempo, Eren usa seus poderes recém-concedidos do Titã Martelo de Guerra para escapar de sua cela. Enquanto isso acontece, os outros membros libertam os aliados de Eren e escapam da prisão também. Reagrupando-se nas montanhas, Eren se encontra com seus seguidores e ordena que localizem Zeke.[1]

Após a fuga de Eren, os principais oficiais militares se encontram com Dot Pyxis, que acredita que os Jaegeristas irão atacar qualquer um que saiba onde Zeke está sendo mantido e então capturar a Rainha Historia, que poderia atuar como substituta de Zeke. Pyxis então declara que vai negociar com Eren usando a localização de Zeke e relutantemente decide desconsiderar o assassinato de Dhalis Zachary para evitar mais mortes, afirmando que é um preço barato a pagar. No entanto, isso é apenas um estratagema do comandante para abduzir seu líder e roubar o Titã Fundador dele.

Membros[]

Referências[]

Navegação[]

Predefinição:OrganizaçõesNav/A

Advertisement