Attack on Titan Wiki

FandomDesktop

Com a chegada do FandomDesktop ontem, muitos de vocês que optaram por começar agora a usar ela, podem perceber que a wiki tá meio estranha, e realmente está, estou trabalhando para resolver isso, por isso, peço paciência. Obrigado.

Leia mais sobre a FandomDesktop aqui.

E a wiki terá uma drástica mudança de aparência, por isso não estou tão ativo como eu era antes, obrigado novamente pelo seu tempo!

LEIA MAIS

Attack on Titan Wiki
Advertisement
Attack on Titan Wiki

O oceano ( Umi?, também traduzido como mar) é um gigante corpo de água que cobre o mundo e separa a Ilha Paradis do continente controlado por Marley.

Descrição[]

O oceano cobre cerca de setenta por cento da superfície do planeta.[1] Ao contrário dos lagos de água doce da Ilha Paradis, o oceano é feito de água salgada. Ele contém quantidades tão grandes de sal que nenhum comerciante poderia esgotá-lo totalmente em uma vida.[2][3]

História[]

Nos anos anteriores à Grande Guerra dos Titãs, o Primeiro Rei Reiss da família Fritz cruzou o oceano do continente para a Ilha Paradis. Nesta terra, ele mudou a capital de Eldia e abandonou os conflitos do continente, levando à Grande Guerra dos Titãs em sua ausência.[4]

Nos anos após a Grande Guerra dos Titãs, a Segurança Pública da nova nação de Marley frequentemente navegava pelo oceano até a "fronteira" da Ilha de Paradis, um posto avançado onde indesejáveis cidadãos Eldianos ​​seriam transformados em Titãs irracionais e deixados para vagar pelo ilha.[4]

De alguma forma, um homem da família Arlert veio a possuir um livro que revelava segredos geográficos do mundo além das Muralhas, incluindo a existência do oceano. Eventualmente, ele deu este livro a seu neto Armin Arlelt, e tornou-se seu sonho de toda a vida ver o oceano. Armin compartilhou os segredos do livro com seu amigo Eren Jaeger, e juntos eles mantiveram a esperança de que um dia eles veriam o oceano e o mundo além das Muralhas,[2] embora Eren eventualmente parasse de falar sobre este sonho com a preocupação de que Armin se juntaria à Divisão de Reconhecimento.[5]

Enredo[]

Arco do Retorno a Shiganshina[]

Mikasa gets used to the water

Mikasa e Armin experienciam o mar

No ano 851, a Divisão de Reconhecimento parte para uma expedição além da Muralha Maria pela primeira vez em seis anos. Depois de encontrar um Titã rastejando pela terra, eles seguem sua trilha e chegam ao local onde os Marleyanos transformam os Eldianos em Titãs irracionais na borda da ilha. Neste momento, Eren e Armin finalmente viram o mar como haviam sonhado que veriam por muitos anos.[6]

Arco de Marley[]

Após o retorno dos Guerreiros de Marley ao continente continental após a Batalha do distrito de Shiganshina, o oceano se torna a principal cena de combate entre Marley e as Forças Aliadas do Oriente Médio na Guerra do Oriente Médio em Marley. A marinha de Marley, ao longo de quatro anos, ganharia o controle dos mares, empurrando a marinha dos Aliados para sua resistência final no Forte de Slava. No entanto, a habilidade naval de Marley mostra uma fraqueza significativa durante a guerra, perdendo mais da metade de sua frota durante o conflito de quatro anos.[7]

Simultaneamente com a guerra de Marley no Oriente Médio, Marley envia um total de 32 navios de reconhecimento para a Ilha Paradis. Como todos os navios haviam desaparecido, Zeke Jaeger teoriza com o Comandante Magath que pelo menos dois Titãs, incluindo o Titã de Ataque, bloquearam ou afundaram os navios perto da costa da ilha.[8]

Referências[]

Navegação[]

Advertisement