Attack on Titan Wiki

FandomDesktop

Com a chegada do FandomDesktop ontem, muitos de vocês que optaram por começar agora a usar ela, podem perceber que a wiki tá meio estranha, e realmente está, estou trabalhando para resolver isso, por isso, peço paciência. Obrigado.

Leia mais sobre a FandomDesktop aqui.

E a wiki terá uma drástica mudança de aparência, por isso não estou tão ativo como eu era antes, obrigado novamente pelo seu tempo!

LEIA MAIS

Attack on Titan Wiki
Advertisement
Attack on Titan Wiki

Pieck (ピーク Pīku?) é uma Eldiana que serve como um dos Guerreiros de Marley e é a atual herdeira do Titã da Carroça.

Aparência[]

Forma Humana[]

Pieck Anime Appearance

Aparência de Pieck

Pieck é uma jovem de cabelos pretos compridos e desgrenhados na altura dos ombros, nariz grego e olhos cinzentos relaxados. Ela usa uma blusa branca, um casaco longo branco e saia que desce até os tornozelos, bem como botas pretas de renda. Ela também usa uma braçadeira Eldiana em seu braço esquerdo, como exigido de todos os Eldianos sob a autoridade de Marley

Forma Titã[]

Em sua forma de Titã, Pieck caminha sobre os quatro membros de forma quadrúpede. Seu torso é longo e plano, permitindo que os materiais sejam facilmente colocados em suas costas. Seu rosto é alongado, com lábios carnudos e um nariz grande com uma testa pequena e uma boca grande. Ele tem cabelo preto curto e não tem características femininas distintas, e sua face longa permite que uma armadura personalizada, mandíbulas e mecanismos de guerra sejam feitos e amarrados a ele.

Personalidade[]

Pieck é demonstrada ser um tanto doce e gentil, consistentemente demonstrado se importar com seus companheiros Guerreiros e os candidatos a Guerreiros. Ela é incrivelmente inteligente, capaz de deduzir rapidamente uma situação. Quando os Guerreiros estavam discutindo a perspectiva de usar a família Tybur para auxiliar em suas operações, Pieck foi capaz de descobrir as coisas rapidamente, e Zeke Jaeger sugere que isso acontece com bastante frequência. No entanto, Pieck geralmente se mostra bastante excêntrica e fácil de lidar. Durante a viagem de trem para Liberio, Pieck alegremente deu a Colt Grice uma bebida quando ele pediu uma, o que o levou a ficar bêbado e liderar os outros soldados Eldianos em um canto em favor de Gabi Braun.

História[]

Arco do Confronto de Titãs[]

Zeke transforms Ragako village

Pieck está presente enquanto Ragako é transformada

Cinco anos após a missão para recuperar o Titã Fundador, Pieck viaja para Ilha Paradis com Zeke Jaeger e um contingente de soldados Marleyanos, usando seu Titã da Carroça para carregar suprimentos para eles. Ela está presente enquanto Zeke e os soldados transformam os habitantes de uma pequena vila em Titãs.[1]

Arco do Retorno a Shiganshina[]

The Cart Titan acts as a lookout

Pieck atua como uma vigia

Pieck é uma dos Guerreiros trazidos por Zeke Jaeger para combater a Divisão de Reconhecimento no Distrito de Shiganshina no ano 850. Durante a noite antes da chegada do Reconhecimento, Pieck vigia seus movimentos nas desoladas regiões da Muralha Maria ao sul do distrito de Trost. Ao ver os soldados avançando, ela retorna às ruínas de Shiganshina e informa Zeke, Reiner Braun e Bertholdt Hoover sobre sua abordagem.[2]

Pieck permanece com o Titã Bestial de Zeke, servindo como uma espécie de mula de carga para os vários suprimentos dos Guerreiros. Erwin Smith percebe a presença dela e deduz corretamente pela bagagem em suas costas que ela não estava entre os Titãs Puros recentemente transformados e, em vez disso, é uma Titã Inteligente funcionando como batedora dos Guerreiros.[3] Bertholdt é mantido escondido em um barril no topo das costas de Pieck como um plano B contra a Divisão de Reconhecimento, e após a derrota de Reiner nas mãos das Lanças de Trovão do Reconhecimento, Bertholdt é removido de suas costas de Titã e jogado pelo Titã Betial na cidade.[2] Pouco depois, Pieck busca pedras próximas para o Titã Bestial usar contra os Batedores.[4]

The Cart Titan carries Zeke away

Pieck resgata Zeke

O Reconhecimento decide se lutar em uma carga suicida contra o Titã Bestial a fim de ganhar tempo para o Capitão Levi se mover para um contra-ataque. Enquanto Zeke dizima os soldados, ele é rapidamente derrotado por Levi, que o pega desprevenido. Antes que Zeke possa ser capturado por Levi, Pieck vem em seu socorro e leva embora sua forma humana desmembrada.[5] Zeke guia Pieck até Shiganshina para resgatar Reiner e Bertholdt, apenas para encontrar Bertholdt incapacitado e capturado por Eren Jaeger. Depois de ver Levi no topo da Muralha, eles decidem abandonar Bertholdt. Procurando em outro lugar no distrito, o Titã Quadrúpede resgata Reiner da captura antes de escalar no topo da Muralha Maria, onde os Guerreiros estão seguros.[6]

Arco de Marley[]

Cart Titan attacks Mid-East Allied Forces

Pieck entra na batalha no Forte de Slava

Pieck está presente na batalha do Forte de Slava no clímax da guerra entre Marley e as Forças Aliadas do Oriente Médio. Enquanto Colt Grice sugere que ela deva entrar em combate com as defesas do forte, o Comandante Magath negou a sugestão devido à presença de uma artilharia anti-Titãs que poderia matar qualquer titã com um único tiro de 100 mm. Assim que a artilharia é destruída, Pieck entra no campo de batalha com seu Titã Quadrúpede totalmente blindado e equipado com quatro metralhadoras tripuladas e começa a atacar os bunkers das Forças Aliadas do Oriente Médio ao lado do Titã Mandíbula de Galliard.[7]

Após a batalha, Pieck se junta a Galliard e Reiner Braun, se recuperando de seus ferimentos recebidos na batalha. Como resultado de passar dois meses consecutivos em sua forma de Titã, Pieck foi forçada a andar com uma muleta. Depois de encontrar Galliard insultando Reiner, Pieck sugere que Reiner visite os candidatos a guerreiros enquanto ela fica com Galliard. Ela diz a Reiner para ir encontrar os candidatos a Guerreiro.

Enquanto a unidade Eldiana está voltando para Liberio de trem, Pieck concorda em dar álcool a Colt Grice, levando os soldados a darem uma festa em honra de Gabi Braun. Enquanto os guerreiros partem do trem, Galliard repreende Pieck por dar álcool a Colt, mas os dois guerreiros parabenizam Gabi por suas realizações. A unidade retorna para o distrito de concentração de Liberio, onde Pieck se reúne com seu pai.

No dia seguinte, Pieck participa de uma reunião privada com seus companheiros Guerreiros para discutir as perspectivas de retornar a Paradis para recuperar o Titã Fundador. Zeke sugere o uso da família Tybur para tentar irritar as nações do mundo a se unirem contra Paradis, e Pieck observa que suas palavras terão peso com as nações estrangeiras devido à sua traição e ajuda na derrota do Família Fritz.[8]

Pieck é mais tarde vista no quartel-general dos Guerreiro, vista por Galliard caminhando de quatro como seu Titã, pois ela acredita ser mais natural. Galliard, irritado, diz a ela para andar sobre dois pés como um humano normal. Os dois participam de uma reunião militar discutindo a logística de um ataque à Ilha Paradis e se juntam a seus companheiros Guerreiros para assistir o treinamento dos candidatos depois.

Pieck vai ao festival de Willy Tybur com Reiner, Galliard e os candidatos. Depois do festival, ela e os outros Guerreiros se reúnem para assistir à peça de Willy.[9] Depois que eles estão sentados, um soldado Marleyano informa aos Guerreiros que Magath quer vê-los. Ao longo do caminho, o soldado dispensa Zeke, fazendo com que Pieck suspeite. Ela comenta que o soldado parece familiar, mas se distrai ao ver a Unidade Panzer que opera a artilharia que seu Titã Carroceiro carrega na batalha. O soldado leva Pieck e Galliard para um prédio vazio, e ela percebe que eles foram levados para uma armadilha enquanto o soldado corta uma corda próxima. Isso abre um alçapão embaixo dela e de Galliard.

Pieck e Galliard caem em uma área de confinamento do Guerreiro, fraturando seus ossos no processo. Eles percebem a falta de espaço para se transformar, então decidem esperar com os suprimentos fornecidos. Galliard questiona a identidade e as intenções do soldado que os prendeu. Pieck afirma que não tem certeza, mas ela se lembra do soldado de algum lugar antes.[10] Mais tarde, os dois começam a sentir tremores externos. Pieck deduz que os tremores são causados por Titãs lutando do lado de fora e que essa seria a razão pela qual eles foram presos. Enquanto discute um meio de fuga, sua Unidade Panzer vem em socorro aos Guerreiros. Ela explica a Galliard que tomou medidas de segurança por causa de sua escolta suspeita. Os soldados largam uma corda e ajudam os guerreiros a sair do fosso.

A unidade de Pieck os informa sobre a aparição repentina do Titã de Ataque e como o Titã Martelo de Guerra está atualmente se engajando na batalha. Pieck ordena que sua unidade prepare a armadura de Titã, e Galliard se prepara para ir e se juntar à batalha. Antes de partir, Pieck sugere que observe a situação por um tempo para que possam entender melhor o inimigo que os está atacando. Eles ficam chocados ao ver um grupo de soldados sobrevoando eles usando equipamentos DMT. Enquanto os outros olham com admiração, Pieck se lembra de ter visto a mesma tecnologia durante seu breve período na Ilha Paradis.[11]

Pieck faz sua Unidade Panzer equipar seu Titã com o armamento de metralhadora pesada. Quando ela chega ao campo de batalha, ela e a Unidade Panzer surpreendem a Divisão de Reconhecimento com uma barragem de artilharia, matando vários soldados e salvando Galliard da morte. Pieck fornece cobertura para Zeke enquanto dois soldados tentam se aproximar dele com Lanças do Trovão, mas quase é morto por um, apenas para Galliard salvá-la. Depois de agradecê-lo, Pieck é instruída a tomar cuidado com o Ackerman escondido nas proximidades. Ela diz a Galliard que o que eles precisam fazer é proteger Zeke. Pieck então vê a explosão causada pela transformação do Titã Colossal nos limites da cidade, percebendo que Bertholdt Hoover foi morto e teve sua habilidade de Titã roubada pelo inimigo.

Galliard tenta atacar Eren e Pieck tenta chamá-lo de volta, mas sem sucesso. Depois que Zeke cai, Pieck e sua Unidade Panzer se tornam o foco do Reconhecimento, e um de seus artilheiros leva um tiro na cabeça. Ela avança em direção ao soldado que o matou, mas Jean Kirschtein a intercepta e lança uma Lança do Trovão em Pieck, destruindo sua cabeça de Titã. O resto dos artilheiros de Pieck são mortos por uma enxurrada de Lanças do Trovão, que também danifica gravemente seu Titã. Pieck tropeça no telhado do prédio e cai bem na frente de Falco Grice, Gabi Braun e Magath.

Jean dispara outra Lança do Trovão para acabar com ela e Pieck libera uma pequena explosão de vapor que o tira do curso. Isso dá a Falco e Gabi tempo suficiente para tirar Pieck da batalha enquanto Magath e seus soldados protegem sua fuga. No momento em que eles colocam Pieck em segurança, Falco e Gabi observam que seus ferimentos são graves demais para que seu poder de Titã possa recuperar a cura.[12]

Habilidades[]

Poder dos Titãs[]

Pieck tem o poder de se transformar em uma Titã conhecida como Titã Quadrúpede (車力の巨人 Shariki no Kyojin?).

  • Velocidade: O Titã de Pieck possui grande velocidade. Durante a Batalha do distrito de Shiganshina, Pieck foi capaz de retomar Zeke de sua forma de Titã Bestial devastada durante sua luta contra Levi Ackerman, ele mesmo conhecido por sua velocidade imensa. Isso o incapacitou por tempo suficiente para que pudessem escapar.
  • Força aprimorada: Como todos os humanos com o poder dos Titãs, a forma Titã de Pieck tem uma força maior do que a dos Titãs Puros, apesar de seu pequeno tamanho. Devido à aparência única do Titã Quadrúpede, ela é frequentemente usada como uma mula de carga, sendo capaz de carregar barris e caixotes nas costas de seu Titã.
  • Comunicação: Pieck é um dos poucos herdeiros Titã visto como capaz de falar fluentemente sem problemas em sua forma Titã. Durante o arco de Retorno a Shiganshina, ela agiu como batedora para Zeke e Reiner, avisando-os sobre a chegada de soldados inimigos.

Assassinatos[]

Indiretos[]

Tentativas[]

Referências[]

Navegação[]

Advertisement