Attack on Titan Wiki

FandomDesktop

Com a chegada do FandomDesktop ontem, muitos de vocês que optaram por começar agora a usar ela, podem perceber que a wiki tá meio estranha, e realmente está, estou trabalhando para resolver isso, por isso, peço paciência. Obrigado.

Leia mais sobre a FandomDesktop aqui.

E a wiki terá uma drástica mudança de aparência, por isso não estou tão ativo como eu era antes, obrigado novamente pelo seu tempo!

LEIA MAIS

Attack on Titan Wiki
Advertisement
Attack on Titan Wiki
Armin and Eren reading Este artigo ou seção não cita ou não contém referências ou fontes.
Por favor ajude melhorando este artigo introduzindo citações apropriadas.
Quote1 De acordo com estas notas, somos os "Súditos de Ymir", uma raça especial da nação conhecida como Eldia que é capaz de se tornar Titãs. Estes Súditos de Ymir governaram o mundo uma vez, e possivelmente poderiam governá-lo novamente. É por isso que o mundo... tenta nos erradicar, os "Súditos de Ymir". Quote2
— Hange Zoë repete a verdade encontrada no porão de Grisha[1]

Os Súditos de Ymir (ユミルの民 Yumiru no Tami?) são um grupo étnico descendente de Ymir Fritz e a única raça capaz de transformar-se em titãs.[2] Começando com Ymir e suas três filhas, a linha de sangue acabou se expandindo através do povo Eldiano, ao ponto de ser maioria.[3][4] Atualmente, eles povoam as Muralhas da Ilha Paradis e os Distritos de Concentração encontrados em Marley e em outras nações do mundo.

História[]

Os Súditos de Ymir são descendentes da própria Ymir Fritz, a primeira humana a adquirir o poder dos Titãs há mais de 1.800 anos. Após o falecimento de Ymir, suas filhas Maria, Rose e Sheena Fritz devoraram seu corpo e ganharam sua capacidade de se tornar uma Titã. Conforme as ordens de seu pai, as filhas de Ymir se reproduziram para expandir a linhagem e continuar a raça dos humanos que podem se transformar em Titãs. Os Súditos de Ymir conquistaram a velha nação de Marley usando os Nove Titãs e estabeleceram o Império Eldiano, que ao longo dos séculos viria a dominar o continente de sua origem.

Há cerca de 600 anos, uma epidemia assolou grande parte do mundo; matando tantos que a população despencou. O Rei na época usou o poder do Titã Fundador para reescrever como os corpos dos Súditos de Ymir foram projetados para superar a pandemia.

O domínio do Império Eldiano durou até o fim da Grande Guerra dos Titãs, o que resultou na ressurreição de Marley como nação e na transferência da capital de Eldia para a Ilha Paradis. A terra ao redor da nova capital de Eldia seria mais tarde cercada por três muralhas concêntricas levantadas através da orientação do Titã Fundador. No continente, Marley reuniu os Eldianos, e os colocou em Distritos de Concentração, como dentro o de Liberio. Eles foram poupados da erradicação devido a sua capacidade de serem transformados em Titãs para fins bélicos, como o Império de Eldia havia feito durante seu reinado. Na ilha, os Súditos de Ymir tiveram suas memórias do mundo fora das muralhas apagadas pelo Titã Fundador. Os Eldianos de outras raças não foram afetados pelo Titã Fundador, então a família real ou lhes concedeu o privilégio de viver dentro da Muralha Sheena em troca de seu silêncio, como a falsa família Fritz, ou os perseguiu como no caso das famílias Ackerman e Azumabito. Outros países do mundo também colocaram os Eldianos em Distritos de Concentração; o tratamento dos Eldianos nesses países é muito pior do que o tratamento dos Eldianos em Marley.

Características[]

Titãs e Caminhos[]

Os Súditos de Ymir são os únicos seres vivos capazes de se transformar em Titãs. Alguns deles também herdarão os Nove Titãs. Se um dos Nove Titãs não for transferido antes de morrer, o poder do Titã será enviado a um bebê aleatório entre os Súditos de Ymir, sem que a distância e a relação de sangue jogue nenhum fator. Isto levou à descoberta de que todos os Súditos de Ymir estão conectados por caminhos, e estes caminhos conectam todos os Súditos de Ymir ao Titã Fundador.

Etnia[]

Se um Súdito de Ymir se reproduzir com um indivíduo de outra etnia, a criança será um Súdito de Ymir. Um exemplo disto é Reiner Braun, o filho ilegítimo de uma mãe Eldiana e um pai Marleyano. Outro exemplo é Mikasa Ackerman, a filha de uma mãe asiática e de um pai Ackerman. De acordo com Marley, o Império Eldiano tinha forçado outras raças a ter seus filhos, para produzir mais Súditos de Ymir.

Súditos de Ymir podem ser identificados através de testes de sangue.

Enredo[]

Arco da Volta para Shiganshina[]

Ao desvendar os segredos do porão de Grisha Yeager após a Batalha do Distrito de Shiganshina, os membros sobreviventes da Divisão de Reconhecimento tomam conhecimento de sua identidade étnica como Eldianos e como Súditos de Ymir, uma raça desprezada por todos os povos do mundo. Esta notícia, juntamente com as muitas verdades notáveis encontradas no porão, tornou-se um tópico muito discutido entre pessoas de opiniões diferentes dentro das Muralhas.

Arco de Marley[]

Após a Guerra de Marley contra as Forças Aliadas do Oriente Médio, os Guerreiros de Marley começam a se preocupar com o destino dos Eldianos e, por extensão, com os Súditos de Ymir, particularmente no crescente desejo do mundo de vê-los exterminados a fim de acabar com a ameaça Titã. Capturar o Titã Fundador permanece em alta prioridade, embora Pieck reconheça que isto por si só não salvará a reputação dos Eldianos. Em um esforço para lançar uma luz positiva sobre os Eldianos e para acabar com a ameaça colocada pelo povo da Ilha Paradis, Zeke Yeager colabora com a família Tybur, que concorda em fazer um anúncio público a favor dos Eldianos durante um festival em Liberio. Durante o evento, eles convencerão as nações do mundo de que a Ilha Paradis será conquistada dentro de um ano.

Logo em seguida, a família Tybur chega a Liberio. Enquanto o Comandante Theo Magath e o Lorde Willy Tybur discutem os assuntos de sua nação, Lorde Tybur expressa o arrependimento que ele e seus ancestrais sentiram pelo destino que os Eldianos tiveram no século passado. Desejando acertar as coisas para sua nação, Lorde Tybur se oferece para trabalhar com Magath em prol da melhoria de Marley.

Um mês depois, aproxima-se o momento do festival. Na véspera do festival, Willy reconhece o ódio do mundo pelo povo Eldiano, anunciando que ao final do festival ele anunciará seu plano para resolver a crise colocada pelos Eldianos e os Titãs.

Arco da Guerra por Paradis[]

Cerca de um mês depois, de volta à Ilha Paradis e após o ataque surpresa de Marley à ilha para o ataque em Liberio, Eren Yeager consegue entrar em contato físico com seu meio-irmão de sangue real, Zeke Yeager, permitindo-lhe o acesso aos poderes do Titã Fundador. Eren os usa para liberar os inúmeros Titãs Colossais dentro das Muralhas para destruir o mundo exterior, abordando telepaticamente todos os Súditos de Ymir usando o Titã Fundador para declarar suas intenções.

Curiosidades[]

  • Nos tempos modernos, os Súditos de Ymir são frequentemente chamados simplesmente de "Eldianos" (エルディア人 Erudia-jin). Embora isto seja geralmente verdade, pois a maioria dos Eldianos são Súditos de Ymir, os dois termos não são totalmente sinônimos.
    • De acordo com Reiner Braun, Bertolt Hoover e Annie Leonhart, o falso rei e os nobres que governavam o interior das Muralhas são Eldianos de outra raça. Isto confirma que, mesmo nos tempos modernos, nem todos os Eldianos são Súditos de Ymir.
    • A Associação para Proteger os Súditos de Ymir argumenta que os Súditos de Ymir de outras nações além de Eldia e o que agora é Marley merecem proteção porque eles não são Eldianos, nunca foram Eldianos, e são apenas vítimas da procriação forçada que historicamente acontecia no Império Eldiano. Isto significa que nem todos os Súditos de Ymir são Eldianos. Na verdade, a própria Ymir Fritz não era Eldiana.
    • Pieck pergunta a Gabi Braun se eles são Eldianos ou Marleyanos antes de responder que não importa qual, porque o que realmente importa é que eles são "Súditos de Ymir", uma raça que pode se transformar em Titãs. Isto sugere que "Súditos de Ymir" é sua raça, enquanto "Eldiano" é sua etnia ou nacionalidade. Isto é ainda mais enfatizado quando Mikasa Ackerman lembra a Kiyomi Azumabito que ela é uma Eldiana, independentemente de seu sangue asiático.
  • No auge do Império Eldiano, ser um Súdito de Ymir era uma prova de alto status em países não Eldianos. Entretanto, após o colapso do Império Eldiano, ter sangue de Súdito de Ymir passou a ser condenado, mesmo entre os demais Eldianos que não são Súditos de Ymir.
    • Annie Leonhart especula que é assim que os Eldianos dentro da Ilha Paradis que não são Súditos de Ymir permanecem no poder: eles não se misturam com Súditos de Ymir e não confiam em pessoas de fora que possam ser da linhagem de sangue. Como tal, ninguém poderia chegar perto deles para desafiar seu poder.
  • O Clã Ackerman é o subproduto do antigo Império Eldiano que fazia experimentos com os Súditos de Ymir.
    • Embora o Clã Ackerman seja Súdito de Ymir, de alguma forma eles não são afetados pelo poder alterador de memória do Titã Fundador. Por esta razão, o avô de Kenny acreditava erroneamente que eles não são Súditos de Ymir. A Divisão de Reconhecimento também não tinha certeza se o clã Ackerman é Súdito de Ymir, ou se eles podem se tornar Titãs.

Referências[]

  1. Ataque dos Titãs mangá: Capítulo 89 (p. 25)
  2. Ataque dos Titãs mangá: Capítulo 87 (p. 36)
  3. Ataque dos Titãs mangá: Capítulo 65 (p. 5)
  4. Ataque dos Titãs mangá: Capítulo 122 (p. 26 - 31)

Navegação[]

Advertisement